terça-feira, 14 de junho de 2016

ENQUETE 01 - OS DOGMAS DAS IGREJAS X A TEOLOGIA BÍBLICA



No meu face fiz uma pergunta que deixou muita gente matutando, de  cabelo em pé. Hoje darei minha resposta à pergunta. A pergunta foi:
SÓ UMA PERGUNTA PARA OS MEUS ALUNOS DO INEB, DO SETEPEB, DA COMUNIDADE VITÓRIA E PAZ, DOS PROFESSORES DE TEOLOLGIA AMIGOS MEUS DE PINDA, MOGI GUAÇU, MOGI MIRIM, E AGORA, DE RECIFE:
QUANDO A IGREJA USA A BÍBLIA PARA DEFENDER AS DOUTRINAS DENOMINACIONAIS E SEUS COSTUMES, ELA ESTÁ PRATICANDO QUAL TEOLOGIA?:

1) A Teologia Bíblica. 
2) A Teologia Sistemática.
3) A Teologia do N.T.
4) A TEologia do V.T.
5) A Teologia Dogmática.

            As respostas foram variadas. Algumas pessoas disseram que os costumes das denominações e suas doutrinas se baseiam na Teologia Bíblica, outros escolheram a Teologia Sistemática, e outros a Teologia Dogmática.
            Das respostas, destaco duas, a do pastor Claudinei, do Vale do Paraíba, SP, e da professora Azenate Basílio, de Recife, PE.

            Pastor Claudinei:
“Inicialmente parabenizo o meu nobre amigo pela interrogativa, lebrando que "Ignorância" se define como ausência de conhecimento(Os.4:6) e é dolorido como tenho visto besteiras pregoadas por pessoas que ao espiritualizarem tudo na vida, tem se tornado pessoas piscóticas, neuróticas e doentes emocionais(Nós somos o que a nossa mente diz que somos e em vez de procurarem a bíblia, procuram se apoiar em ensinamentos anti-bíblicos)A teologia dogmática é a parte da teologia cristã que trata, sistematicamente, do conjunto das verdades reveladas por Deus, isto é, do dogma e das verdades fundamentais a ele vinculadas, às quais se deve em primeiro lugar o assentimento da fé. Esta teologia está, em parte, englobada pela teologia sistemática...se sabemos que teologia sistemática, que engloba ramos como a teologia doutrinal, a teologia dogmática e a teologia filosófica, é a disciplina da teologia cristã que formula uma descrição ordenada, racional e coerente da fé e crenças cristãs eu diria que para defender as doutrinas denominacionais e seus costumes seria a teologia bíblica(Muitas vezes mau interpretada pelos ignorantes rs)”
  
Professora Azenate Basílio:

“A Bíblia pode ser utilizada de diversas maneiras!... E, comumente, Ela é usada como leitura "popular". Quando usamos a Bíblia para defender um princípio ético ou eterno, baseados em versículos espalhados por todas as Escrituras, estamos praticando a teologia bíblica, e se se referir a um dogma doutrinal, como a salvação em Cristã,à teologia dogmática. Porém, quando utilizamos um texto bíblico para afiRmar usos e costumes atuais de um determinada igreja local, sem respaldo em outros textos bíblicos de mesmo valor nas Escrituras, estaremos praticando heresias, pois "um texto fora do seu contexto se torna um pretexto para uma heresia!" ...Deus continue te abençoando, professor! Até mais!”

          AGORA VAMOS À MINHA RESPOSTA – Espero que você, leitor, não acrescente nada ao que eu escrever. Se você pensar que eu disse algo que não está escrito aqui, assuma como teu pensamento.

          NÃO É A TEOLOGIA BÍBLICA  - Quem defende costumes de igrejas e doutrinas denominacionais, ou seja, aquilo que a denominação pensa, não pratica a teologia bíblica. A TEOLOGIA BÍBLICA SE BASEIA, DE MANEIRA PURA E SIMPLES, AO QUE ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA. A BÍBLIA NÃO SE POSICIONA POR COSTUMES DENOMINACIONAIS, NEM POR DOGMAS DAS RELIGIÕES CRISTÃS. Se assim o fosse, ela teria que se posicionar por uma denominação, escolher qual seria o costume mais santo, mais sagrado. Diante disso temos a seguinte lição: Os costumes denominacionais, as liturgias, os dogmas das igrejas, não estão acima da Bíblia. Qualquer igreja que tratar seus membros baseando-se nos costumes denominacionais, foge da Bíblia, logo, foge dos pensamentos do próprio Deus da Palavra.

          NÃO É A TEOLOGIA DO N.T. NEM A TEOLOGIA DO A.T. – A Teologia do A. T. baseia-se dos livros canônicos do A.T. para extrair seus ensinos. A Teologia do N.T. se baseia nos 27 livros canônicos para extrair seus fundamentos. O Teólogo do N.T. não pode extrapolar as informações do N.T. para, com isso, fundamentar suas ideias. Os pensamentos, os ensinamentos do teólogo, do professor, do pastor, devem estar “colados”, enraizado, de maneira profunda, aos escritos dos apóstolos, de Cristo, presentes no N.T. Usar o N.T. para defender costumes de homens, de regiões, de denominações, É FUGIR DO PROPÓSITO ORIGINAL E SANTO DO N.T.

        NÃO É A TEOLOGIA SISTEMÁTICA - A Teologia Sistemática sistematiza as doutrinas bíblicas, visando um melhor aprendizado do estudante. Nela estudamos Angeologia, Soteriologia, etc. Jamais se estuda, em TH.Sist. doutrinas e costumes de denominações. 

          Só nos resta uma alternativa: A TEOLOGIA DOGMÁTICA

A palavra grega  “dogma”, significando, originalmente, “opinião” ou  “juízo”, “crença”.

          De acordo com R.N. Champlin, “a Teologia Dogmática, como um sistema, começa pela Teologia Bíblica, mas nunca termina aí.  Uma pare do dogma consiste em interpretação, o que significa que as diversas denominações cristãs conseguem derivar das Escrituras diferentes dogmas...” (Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia, São Paulo: Hagnos, 2001, VL D-G).

          Concordo com esse pensamento de Champlin sobre a Teologia Dogmática, e por isso defendo a ideia de que a Teologia Dogmática, mesmo com toda a sua importância, não é 100% Bíblica.

          Na verdade, o ato de fazer teologia é humano, assim, teologizar é uma ação do estudante, do teólogo para compreender as a Escrituras Sagradas e seus ensinos. Nessa ação, cada um pode ter a sua interpretação. Mas não nos esqueçamos: “NENHUMA INTERPRETAÇÃO HUMANA TEM MAIS VALOR DO O QUE ESTÁ ESCRITO NAS SAGRADAS ESCRITURAS.” Se eu estou falando alguma heresia, aqui, que me combatam, com textos bíblicos.

Precisamos entender que “A Bíblia é a fonte primária da teologia dogmática. Porém, a teologia dogmática, em seu resultado final, não é totalmente bíblica, pois o teólogo trilha por caminhos extrabíblicos: evidências culturais, religiosas, históricas, científicas, com o objetivo de melhor entender a verdade bíblica. Nesses caminhos, encontramos, como resultado final:
·         Verdades bíblicas: Conclusões da teologia dogmática que são bíblicas.
·         Verdades extrabíblicas – Conclusões da teologia dogmática, que são verdadeiras, porém não são integralmente bíblicas.
·         Pensamentos humanos – Pensamentos de teólogos que são bons, aproveitáveis, porém não são bíblicos.
·         Pensamentos antibíblicos – Conclusões que contradizem a Bíblia.” (João Moreno de Souza Filho, Teologia do N.T., 2016.)
·         “PROBLEMA NA TEOLOGIA DOGMÁTICA -  Um dos grandes problemas da teologia dogmática é o uso da Bíblia para a defesa de dogmas já estabelecidos. Essa ação faz com que o estudante, o cristão, fuja do terreno bíblico puro e simples e viva nas vielas dos pensamentos humanos. Isso era comum na Idade Média, época na qual a Igreja Católica usava a Teologia Bíblica para sustentar seus dogmas, suas doutrinas.” (João Moreno de Souza Filho, Teologia do N.T.2016.)

 Diante do que falei, a resposta à pergunta “QUANDO A IGREJA USA A BÍBLIA PARA DEFENDER AS DOUTRINAS DENOMINACIONAIS E SEUS COSTUMES, ELA ESTÁ PRATICANDO QUAL TEOLOGIA?” é TEOLOGIA DOGMÁTICA.

Só para vocês terem uma ideia do que falo, faço algumas perguntas sobre os costumes em muitas igrejas:

1)      Qual texto bíblico dá base para um pastor proibir os jovens namorados de pegarem na mão? (isso existe em algumas cidades).
2)      Qual texto bíblico diz que teatro na igreja é pecado? (Isso existe em igrejas mais radicais).
3)      Qual texto bíblico diz que mulher andar de bicicleta, de saia, está pecando contra Deus e que por isso não entrará no céu? (Isso acontece em algumas cidades do Brasil).
4)      Qual texto bíblico diz que ...Podem continuar perguntando.

EU SOU CONTRA OS COSTUMES DENOMINACIONAIS?

Não. Eu sou conservador com relação aos usos e costumes. Porém eu não sacralizo meus costumes nem acho que eles são mais santos do que os de outras denominações. O erro não é ter costume. O erro é ter costume e rejeitar o próximo, porque é diferente, criticar outras igrejas, como se Deus não estivesse nelas..ISSO É FRUTO DA DOGMÁTICA e não da teologia bíblica que defende o amor.

OBS:  Não me critique se não atendi a tua expectativa. Eu fui chamado para o ministério do ensino para levar o povo de Deus à reflexão bíblica, há mais de 30 anos,quando ainda era adolescente, em Maceió, AL. Sejamos mais biblicistas, pois um avivamento só vem quando estamos “colados” à bíblia. Só me critique se eu, nesse artigo, feri algum texto sagrado, fui de encontro, de maneira clara, a algum ensinamento bíblico. Pergunte-se para você mesmo: Alguma vez eu já usei a Bíblia para defender o que não é bíblico? Essa ação é santa? Deus concorda que usemos a bíblia para defender o que não está em sua Palavra? Essa reflexão, bem feita, eliminará muitas brigas denominacionais entre muitos crentes, especialmente entre os conservadores, os ultraconservadores, os neoconservadores, etc.  

Um abraço a todos.

Prof. João Moreno de Souza Filho.
            WhatsApp (19) 9 8324-6484

Um comentário:

Carlos Pereira disse...

A paz meu irmão, muito bom esse estudo continue,postando mais, se possível,o dizimo e aplicável a igreja nos dias atuais?