quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA? SERÁ? - ENQUETE 06

ENQUETE 06 - ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA? SERÁ? DEUS PERMITE?

        


            Na enquete 06, postada em meu face, levantei a questão sobre se há ou não ímpios dentro da igreja. Apresentei duas possibilidades para que os internautas se posicionassem, a saber:

1) SIM, HÁ ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA. ELES SE PARECEM COMO CRENTES MAS PRATICAM TODO TIPO DE IMPIEDADE E CONCUPISCÊNCIA.

2) NÃO - SÓ HÁ ÍMPIOS FORA DA IGREJA. DEUS NÃO PERMITIRIA QUE UM ÍMPIO PERMANECESSE NA IGREJA.
           
            Todos os que participaram concordaram com a questão 01, que há, sim, ímpios dentro da igreja. Destaco duas participações: a da irmã Lídia Gama, de Barreiros, PE, e da Azenate Basílio, professora e Secretária da ESTEADEB em Recife, PE.

   LÍDIA GAMA: “ Com certeza é a primeira( há ímpios dentro da igreja). O significado de ímpio é: desumano, insensível, desnaturado. É aquela que não pratica piedade, age cruelmente, ou seja,não andam de acordo com a palavra de Deus. Podemos citar três personagens bíblicos com tais características : Caim ,Balaão e Coré. Quando a Bíblia diz segundo o conselho dos ímpios, muitos pensam nos que estão lá fora...mas,também tem dentro da igreja( templo). A diferença é que, na igreja, eles estão escondidos atrás da Bíblia e muitas vezes atrás do púlpito. Porém, a palavra do Senhor adverte: Então vereis , outra vez a diferença entre o justo e o ímpio...Malaquias 3.18. E o senhor ainda diz, que não recebe sacrifícios,pois é abominável ao Senhor o sacrifício dos ímpios. Pv. 15.8.”

AZENATE BASÍLIO: “Sim, professor, há ímpios dentro da igreja! Vemos isto nas advertências dos apóstolos (Paulo, Pedro, Tiago, João), que ensinavam os irmãos a terem cuidado com as práticas desses "homens abomináveis", que "se vestiam de peles de ovelhas" mas estavam cheios de malignidade, para fazerem tropeçar o povo de Deus (Tt.1:10-16; 2Pe.3:17). Hoje não é diferente! Porém, como declara o salmista, "os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos" (Sl.1:5). Encerro com as palavras do apóstolo Paulo que diz: "Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam... O fim deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles é para a confusão deles mesmos, que só pensam nas coisas terrenas."(Fp.3:17,19) E completa no capítulo seguinte: "Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor." (4:5). Apliquemo-nos a isto!”

            Agora vamos às minhas reflexões. Me basearei, para isso, em Judas e em 2 Pedro.

            Judas, meio irmão de Jesus, irmão de Tiago, líder da igreja em Jerusalém (Mc. 6.3; Gl. 2.9), escreveu uma das menores epístolas do Novo Testamento, porém uma das que gritam mais alto contra a impiedade. Mas que impiedade Judas combate? Bem, primeiro falemos sobre a característica da epístola de Judas.

            Judas é uma epístola apologética, ou seja, que visa ajudar os cristãos a defenderam a fé em Jesus: (v.3). Mas o que era que estava prejudicando a fé dos cristãos ao ponto de Judas os incentivarem a defenderem a fé? Ele responde no versículo 04 de sua epístola:

            “Porque SE INTRODUZIRAM alguns, que já antes estavam escritos...homens ímpios...” Judas estava se referindo a uma ameaça à fé que não era a perseguição, nem tão pouco o pecado, muito menos as heresias externas. Ele se referia à pessoas que estavam dentro da igreja. Isso pode ser comprovado  no versículo 12 quando ele diz que aquelas pessoas contra as quais ele combatia estava no meio dos crentes, em suas festas.

            A AMEAÇA À FÉ ESTÁ DENTRO DA IGREJAComo podemos perceber, claramente, a ameaça à fé dos cristãos estava dentro da igreja. Ou seja, as pessoas que tinham uma vida frívola diante de Deus ameaçavam a fé dos cristãos com seus comportamentos, suas maneiras de ser , etc. Não é diferente, hoje. Muitos pastores se perdem, combatendo o pecado externo à igreja, e se esquece das ameaças internas, das pessoas que minam a santidade e a fé no seio da igreja.

            QUEM AMEAÇA A FÉ DENTRO DA IGREJA? Ao se referir às pessoas que se introduziram no meio dos cristãos e que com suas ações ameaçavam a pureza e a fé dos crentes sinceros, Judas os chamou, no versículo 4, de “ímpios”, uma palavra muito forte para alguém que se diz cristão, afinal, para a maioria dos cristãos ímpio é aquele que pratica impiedade, abominação a Deus e que só existe no mundo.

            CARACTERÍSTICAS DOS ÍMPIOS DE DENTRO DA IGREJA -  Agora vamos conhecer os ímpios que, de acordo com Judas, estão no meio dos cristãos, comungam da mesma fé de todos os salvos, lêem a mesma Palavra, falam línguas estranhas, oram, jejuam e participam de todos os atos religiosos, e por isso não são identificados como ímpios pela maioria dos cristãos.

1)      DESVALORIZAM A OBRA DA SALVAÇÃO -  No V. 4 Judas diz que eles “convertem em dissolução a graça de Deus.” A NVI diz que eles “transformam a graça de Deus em libertinagem”. Mas o que significa isso?
Bem, quando a Bíblia fala em Graça, ela se refere a todo o favor de Deus, a toda a sua ação para a salvação  da humanidade, ou seja, graça, em muitos textos da Bíblia, é o plano da graça, da salvação, da redenção. Assim, transformar a graça de Deus em libertinagem é desvalorizar a obra da redenção de Cristo. Como isso é possível? Diversas atitudes constituem-se em desvalorização da obra da salvação, a saber:
1)      Acreditar em ações humanas para a salvação como se a obra de Cristo não fosse suficiente.
2)      Criar esforços religiosos, visando a salvação das pessoas, como se a obra da cruz não fosse eficaz.
Etc.

2)      NEGAM A DEUS E A JESUS  - No final do versículo 4 judas disse que os ímpios dentro da igreja negam a Deus e a Jesus. Mas como eles negam? Bem, eles não negam com palavras. Eles negam com suas ações, com suas atitudes. Veja, abaixo, exemplo de crentes que negam a Deus e a Jesus:
a.      Um crente que na igreja diz que Deus é santo e juiz Onisciente, porém, fora da igreja peca, mente, vai a 
  motéis, pratica toda sorte de imoralidade, nega, com sua pratica, a Deus e a Jesus. E nas igrejas evangélicas está cheio de gente dessa espécie.

3)      FALAM  MAL DE COISAS QUE NÃO CONHECEM (v.10) -  Falar mal, na igreja, de coisas que não conhece, com o intuito de destruir, diminuir alguém, é prática de ímpio. Pergunto: Na tua igreja há pessoas que agem dessa forma?

4)      SÃO INVEJOSOS -  No versículo 11, Judas diz que os ímpios que estão dentro da igreja estão no caminho de Caím. Caím invejou Abel. A INVEJA, DE ACORDO COM JUDAS, É IMPIEDADE, E TODOS OS CRENTES INVEJOSOS SÃO, DE ACORDO COM JUDAS, ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA.

5)      SÃO GANANCIOSOS -  Ainda no versículo 11 Judas informa que os ímpios dentro da igreja “foram levados pelo engano do prêmio de Balaão”. Balaão profetizou visando lucro. Assim, posso afirmar que todos pregadores que visam lucro, todos os cantores que só cantam se a igreja der a oferta que pedirem, todos os pregadores que mudam de compromisso só para receber mais, são gananciosos. Essa prática é impiedade, de acordo com Judas.

6)      SÃO MURMURADORES, QUEIXOSOS (v. 16). Você já viu algum crente murmurador, queixoso. Essas são atitudes de ímpios.

A INVEJA, DE ACORDO COM JUDAS, É IMPIEDADE. 
7)      FAZEM ACEPÇÃO DE PESSOAS -  (V. 16). No final do versículo 16, Judas diz que os ímpios de dentro da igreja, além de serem arrogantes, eles “admiram as pessoas por causa do interesse.”  A NVI diz que eles “adulam os outros por interesse.” Será que há isso nas igrejas evangélicas? Será que há pastores que na época de campanha política valoriza mais os políticos do que os obreiros da igreja? Cuidado, adulação é prática de ímpios.

E O QUE PEDRO TEM A DIZER SOBRE ESSE TEMA?  Em Judas há outras dezenas de características dos ímpios dentro da igreja, mas, para não me estender muito, gostaria de apresentar o que Pedro, em sua segunda epístola, fala sobre isso.
Pedro, em sua segunda epístola, objetivou, também, combater os hereges dentro da igreja. No capítulo 2 e no versículo 01 ele fala de falsos doutores que se “introduzirão” no meio dos cristãos. Quais são as características desses falsos mestres? Pedro apresenta várias, porém me aterei a apresentar uma.

ELES SÃO NEGOCIANTES DA FÉ E NEGOCIAM O POVO DE DEUS (2 Pd. 2.3)
E por avareza farão negócio de vós, com palavras fingidas...”

O QUE SIGNIFICA FAZER NEGÓCIO COM OS CRISTÃOS?  Veja, abaixo, as respostas à essa pergunta:

1)      Usar a inocência dos irmãos para obter lucro é fazer negócio dos cristãos.

2)      Aproveitar da simplicidade dos crentes para ganhar dinheiro com a fé, é fazer negócio dos cristãos. Assim, a venda de “vassoura santa”, “óleo ungido”,  “água do rio Jordão”, “lenço e traveseiros ungidos” é fazer negócio dos crentes, é impiedade.
MAS NÃO ACONTECIA MILAGRES NA VIDA DE QUEM USAVA OS  LENÇOS E AVENTAIS DE PAULO (At.19.12)? Sim, mas Paulo não cobrava para as pessoas tocarem em seus lenços e em seus aventais.

3)      COBRAR PARA DEUS OPERAR UM MILAGRE É IMPIEDADE, É FAZER NEGÓCIO DOS CRENTES.  Muitos pregadores, antes de orar por milagres, exigem que o fiel deposite uma oferta no banco. Isso é negociar a fé, é impiedade. Não é uma prática apostólica, bíblica. “De graça recebestes, de graça daí”.

DEUS USA O ÍMPIO EM SUA CASA PARA EDIFICAR A IGREJA? Essa surgiu em uma classe de adolescente, em São Paulo, e foi repassada por mim pela irmã Raquel Carneiro, esposa do pastor Valdeny Carneiro.  Como a pergunta é complexa, a resposta não pode ser simples. Mas não quero complicar com respostas demoradas. Segue, abaixo, o que eu penso sobre isso:

1)      O Espírito Santo não usa o ímpio, dentro da igreja, para edificar a igreja. Isso seria incoerente com o seu caráter e seria desprezar cristãos que estão se santificando para serem usados por Deus.

2)      MAS DEUS NÃO USOU A JUMENTA DE BALAÃO, OS CORVOS PARA ALIMENTAR ELIAS -  Sim, Deus usa animais, pois eles não têm pecados, mas não trabalha na vida de ímpios. Quando o profeta Balaão entra pelo caminho da impiedade, Deus usa a sua jumenta.

3)      E OS MILAGRES QUE ACONTECEM QUANDO PESSOAS QUE ESTÃO EM PECADO PREGAM OU CANTAM?  Não nos esqueçamos que Satanás também opera milagres para enganar as pessoas e o próprio ímpio pregador que  pensa que Deus concorda com suas práticas. Não se esqueça de Mateus 7.21-23: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus...” Nessa passagem encontramos uma classe de pessoas que operavam milagres, usando o nome de Jesus, porém são desconhecidas por Cristo porque praticam iniquidade.

4)      Lembre-se de que milagre é individual. Deus opera na vida de cada pessoa, de acordo com a fé de cada um, com objetivos específicos. Não é a ação do pregador, somente. A ação de cada crente diante de Deus produz o milagre.

CONCLUSÃO:

Bem, já que vc. Conhece as características dos ímpios dentro da igreja, ficará fácil para você saber quem pratica impiedade no  meio das igrejas evangélicas. Resta, agora, vigiarmos para nós não sermos presas da influência desse tipo de pessoas.

Que Deus tenha piedade de nós.

Evangelista e prof. João Moreno de Souza Filho.
Zap (19) 9 8324-6484
Fone (19) 9 8336-8117 (TIM)
            (19) 9 8800-8104.


            

                

Nenhum comentário:

QUERO COMPRAR O LIVRO DECIFRANDO OS CÓDIGOS DO MAL

Código para o site