quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA? SERÁ? - ENQUETE 06

ENQUETE 06 - ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA? SERÁ? DEUS PERMITE?

        


            Na enquete 06, postada em meu face, levantei a questão sobre se há ou não ímpios dentro da igreja. Apresentei duas possibilidades para que os internautas se posicionassem, a saber:

1) SIM, HÁ ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA. ELES SE PARECEM COMO CRENTES MAS PRATICAM TODO TIPO DE IMPIEDADE E CONCUPISCÊNCIA.

2) NÃO - SÓ HÁ ÍMPIOS FORA DA IGREJA. DEUS NÃO PERMITIRIA QUE UM ÍMPIO PERMANECESSE NA IGREJA.
           
            Todos os que participaram concordaram com a questão 01, que há, sim, ímpios dentro da igreja. Destaco duas participações: a da irmã Lídia Gama, de Barreiros, PE, e da Azenate Basílio, professora e Secretária da ESTEADEB em Recife, PE.

   LÍDIA GAMA: “ Com certeza é a primeira( há ímpios dentro da igreja). O significado de ímpio é: desumano, insensível, desnaturado. É aquela que não pratica piedade, age cruelmente, ou seja,não andam de acordo com a palavra de Deus. Podemos citar três personagens bíblicos com tais características : Caim ,Balaão e Coré. Quando a Bíblia diz segundo o conselho dos ímpios, muitos pensam nos que estão lá fora...mas,também tem dentro da igreja( templo). A diferença é que, na igreja, eles estão escondidos atrás da Bíblia e muitas vezes atrás do púlpito. Porém, a palavra do Senhor adverte: Então vereis , outra vez a diferença entre o justo e o ímpio...Malaquias 3.18. E o senhor ainda diz, que não recebe sacrifícios,pois é abominável ao Senhor o sacrifício dos ímpios. Pv. 15.8.”

AZENATE BASÍLIO: “Sim, professor, há ímpios dentro da igreja! Vemos isto nas advertências dos apóstolos (Paulo, Pedro, Tiago, João), que ensinavam os irmãos a terem cuidado com as práticas desses "homens abomináveis", que "se vestiam de peles de ovelhas" mas estavam cheios de malignidade, para fazerem tropeçar o povo de Deus (Tt.1:10-16; 2Pe.3:17). Hoje não é diferente! Porém, como declara o salmista, "os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos" (Sl.1:5). Encerro com as palavras do apóstolo Paulo que diz: "Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam... O fim deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles é para a confusão deles mesmos, que só pensam nas coisas terrenas."(Fp.3:17,19) E completa no capítulo seguinte: "Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor." (4:5). Apliquemo-nos a isto!”

            Agora vamos às minhas reflexões. Me basearei, para isso, em Judas e em 2 Pedro.

            Judas, meio irmão de Jesus, irmão de Tiago, líder da igreja em Jerusalém (Mc. 6.3; Gl. 2.9), escreveu uma das menores epístolas do Novo Testamento, porém uma das que gritam mais alto contra a impiedade. Mas que impiedade Judas combate? Bem, primeiro falemos sobre a característica da epístola de Judas.

            Judas é uma epístola apologética, ou seja, que visa ajudar os cristãos a defenderam a fé em Jesus: (v.3). Mas o que era que estava prejudicando a fé dos cristãos ao ponto de Judas os incentivarem a defenderem a fé? Ele responde no versículo 04 de sua epístola:

            “Porque SE INTRODUZIRAM alguns, que já antes estavam escritos...homens ímpios...” Judas estava se referindo a uma ameaça à fé que não era a perseguição, nem tão pouco o pecado, muito menos as heresias externas. Ele se referia à pessoas que estavam dentro da igreja. Isso pode ser comprovado  no versículo 12 quando ele diz que aquelas pessoas contra as quais ele combatia estava no meio dos crentes, em suas festas.

            A AMEAÇA À FÉ ESTÁ DENTRO DA IGREJAComo podemos perceber, claramente, a ameaça à fé dos cristãos estava dentro da igreja. Ou seja, as pessoas que tinham uma vida frívola diante de Deus ameaçavam a fé dos cristãos com seus comportamentos, suas maneiras de ser , etc. Não é diferente, hoje. Muitos pastores se perdem, combatendo o pecado externo à igreja, e se esquece das ameaças internas, das pessoas que minam a santidade e a fé no seio da igreja.

            QUEM AMEAÇA A FÉ DENTRO DA IGREJA? Ao se referir às pessoas que se introduziram no meio dos cristãos e que com suas ações ameaçavam a pureza e a fé dos crentes sinceros, Judas os chamou, no versículo 4, de “ímpios”, uma palavra muito forte para alguém que se diz cristão, afinal, para a maioria dos cristãos ímpio é aquele que pratica impiedade, abominação a Deus e que só existe no mundo.

            CARACTERÍSTICAS DOS ÍMPIOS DE DENTRO DA IGREJA -  Agora vamos conhecer os ímpios que, de acordo com Judas, estão no meio dos cristãos, comungam da mesma fé de todos os salvos, lêem a mesma Palavra, falam línguas estranhas, oram, jejuam e participam de todos os atos religiosos, e por isso não são identificados como ímpios pela maioria dos cristãos.

1)      DESVALORIZAM A OBRA DA SALVAÇÃO -  No V. 4 Judas diz que eles “convertem em dissolução a graça de Deus.” A NVI diz que eles “transformam a graça de Deus em libertinagem”. Mas o que significa isso?
Bem, quando a Bíblia fala em Graça, ela se refere a todo o favor de Deus, a toda a sua ação para a salvação  da humanidade, ou seja, graça, em muitos textos da Bíblia, é o plano da graça, da salvação, da redenção. Assim, transformar a graça de Deus em libertinagem é desvalorizar a obra da redenção de Cristo. Como isso é possível? Diversas atitudes constituem-se em desvalorização da obra da salvação, a saber:
1)      Acreditar em ações humanas para a salvação como se a obra de Cristo não fosse suficiente.
2)      Criar esforços religiosos, visando a salvação das pessoas, como se a obra da cruz não fosse eficaz.
Etc.

2)      NEGAM A DEUS E A JESUS  - No final do versículo 4 judas disse que os ímpios dentro da igreja negam a Deus e a Jesus. Mas como eles negam? Bem, eles não negam com palavras. Eles negam com suas ações, com suas atitudes. Veja, abaixo, exemplo de crentes que negam a Deus e a Jesus:
a.      Um crente que na igreja diz que Deus é santo e juiz Onisciente, porém, fora da igreja peca, mente, vai a 
  motéis, pratica toda sorte de imoralidade, nega, com sua pratica, a Deus e a Jesus. E nas igrejas evangélicas está cheio de gente dessa espécie.

3)      FALAM  MAL DE COISAS QUE NÃO CONHECEM (v.10) -  Falar mal, na igreja, de coisas que não conhece, com o intuito de destruir, diminuir alguém, é prática de ímpio. Pergunto: Na tua igreja há pessoas que agem dessa forma?

4)      SÃO INVEJOSOS -  No versículo 11, Judas diz que os ímpios que estão dentro da igreja estão no caminho de Caím. Caím invejou Abel. A INVEJA, DE ACORDO COM JUDAS, É IMPIEDADE, E TODOS OS CRENTES INVEJOSOS SÃO, DE ACORDO COM JUDAS, ÍMPIOS DENTRO DA IGREJA.

5)      SÃO GANANCIOSOS -  Ainda no versículo 11 Judas informa que os ímpios dentro da igreja “foram levados pelo engano do prêmio de Balaão”. Balaão profetizou visando lucro. Assim, posso afirmar que todos pregadores que visam lucro, todos os cantores que só cantam se a igreja der a oferta que pedirem, todos os pregadores que mudam de compromisso só para receber mais, são gananciosos. Essa prática é impiedade, de acordo com Judas.

6)      SÃO MURMURADORES, QUEIXOSOS (v. 16). Você já viu algum crente murmurador, queixoso. Essas são atitudes de ímpios.

A INVEJA, DE ACORDO COM JUDAS, É IMPIEDADE. 
7)      FAZEM ACEPÇÃO DE PESSOAS -  (V. 16). No final do versículo 16, Judas diz que os ímpios de dentro da igreja, além de serem arrogantes, eles “admiram as pessoas por causa do interesse.”  A NVI diz que eles “adulam os outros por interesse.” Será que há isso nas igrejas evangélicas? Será que há pastores que na época de campanha política valoriza mais os políticos do que os obreiros da igreja? Cuidado, adulação é prática de ímpios.

E O QUE PEDRO TEM A DIZER SOBRE ESSE TEMA?  Em Judas há outras dezenas de características dos ímpios dentro da igreja, mas, para não me estender muito, gostaria de apresentar o que Pedro, em sua segunda epístola, fala sobre isso.
Pedro, em sua segunda epístola, objetivou, também, combater os hereges dentro da igreja. No capítulo 2 e no versículo 01 ele fala de falsos doutores que se “introduzirão” no meio dos cristãos. Quais são as características desses falsos mestres? Pedro apresenta várias, porém me aterei a apresentar uma.

ELES SÃO NEGOCIANTES DA FÉ E NEGOCIAM O POVO DE DEUS (2 Pd. 2.3)
E por avareza farão negócio de vós, com palavras fingidas...”

O QUE SIGNIFICA FAZER NEGÓCIO COM OS CRISTÃOS?  Veja, abaixo, as respostas à essa pergunta:

1)      Usar a inocência dos irmãos para obter lucro é fazer negócio dos cristãos.

2)      Aproveitar da simplicidade dos crentes para ganhar dinheiro com a fé, é fazer negócio dos cristãos. Assim, a venda de “vassoura santa”, “óleo ungido”,  “água do rio Jordão”, “lenço e traveseiros ungidos” é fazer negócio dos crentes, é impiedade.
MAS NÃO ACONTECIA MILAGRES NA VIDA DE QUEM USAVA OS  LENÇOS E AVENTAIS DE PAULO (At.19.12)? Sim, mas Paulo não cobrava para as pessoas tocarem em seus lenços e em seus aventais.

3)      COBRAR PARA DEUS OPERAR UM MILAGRE É IMPIEDADE, É FAZER NEGÓCIO DOS CRENTES.  Muitos pregadores, antes de orar por milagres, exigem que o fiel deposite uma oferta no banco. Isso é negociar a fé, é impiedade. Não é uma prática apostólica, bíblica. “De graça recebestes, de graça daí”.

DEUS USA O ÍMPIO EM SUA CASA PARA EDIFICAR A IGREJA? Essa surgiu em uma classe de adolescente, em São Paulo, e foi repassada por mim pela irmã Raquel Carneiro, esposa do pastor Valdeny Carneiro.  Como a pergunta é complexa, a resposta não pode ser simples. Mas não quero complicar com respostas demoradas. Segue, abaixo, o que eu penso sobre isso:

1)      O Espírito Santo não usa o ímpio, dentro da igreja, para edificar a igreja. Isso seria incoerente com o seu caráter e seria desprezar cristãos que estão se santificando para serem usados por Deus.

2)      MAS DEUS NÃO USOU A JUMENTA DE BALAÃO, OS CORVOS PARA ALIMENTAR ELIAS -  Sim, Deus usa animais, pois eles não têm pecados, mas não trabalha na vida de ímpios. Quando o profeta Balaão entra pelo caminho da impiedade, Deus usa a sua jumenta.

3)      E OS MILAGRES QUE ACONTECEM QUANDO PESSOAS QUE ESTÃO EM PECADO PREGAM OU CANTAM?  Não nos esqueçamos que Satanás também opera milagres para enganar as pessoas e o próprio ímpio pregador que  pensa que Deus concorda com suas práticas. Não se esqueça de Mateus 7.21-23: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus...” Nessa passagem encontramos uma classe de pessoas que operavam milagres, usando o nome de Jesus, porém são desconhecidas por Cristo porque praticam iniquidade.

4)      Lembre-se de que milagre é individual. Deus opera na vida de cada pessoa, de acordo com a fé de cada um, com objetivos específicos. Não é a ação do pregador, somente. A ação de cada crente diante de Deus produz o milagre.

CONCLUSÃO:

Bem, já que vc. Conhece as características dos ímpios dentro da igreja, ficará fácil para você saber quem pratica impiedade no  meio das igrejas evangélicas. Resta, agora, vigiarmos para nós não sermos presas da influência desse tipo de pessoas.

Que Deus tenha piedade de nós.

Evangelista e prof. João Moreno de Souza Filho.
Zap (19) 9 8324-6484
Fone (19) 9 8336-8117 (TIM)
            (19) 9 8800-8104.


            

                

QUEREM MATAR A VIDA! PROF. JOÃO MORENO PEITA STF COM ARTIGO


      POR JOÃO MORENO DE SOUZA FILHO 

       
    
foto:João Moreno - Protegida pela Lei do Direito Autoral. 
  Na terça feira passada, 29.11, a primeira turma do STF fixou entendimento de que o aborto até o terceiro mês de gestação não é crime.

Este é o desfecho de uma luta que começou em com o Governo Lula (do PT).  Desde o Governo Lula o PT tem lutado para liberar o aborto no Brasil. COMO NÃO CONSEGUIU VIA CONGRESSO NACIONAL, COLOCOU, NO STF, MINISTROS LIBERAIS QUE APOIAM O ABORTO, A LIBERALIZAÇÃO DAS DROGAS, ETC.  (ESTE É UM DOS PRESENTES DO GOVERNO LULA/DILMA AO POVO BRASILEIRO - A NOSSA ÉTICA ESTÁ SENDO PISADA CONSEQUÊNCIA DA IDEOLOGIA LIBERAL DAS ESQUERDAS BRASILEIRAS).

     
A LIBERAÇÃO DO ABORTO FOI UMA ORQUESTRAÇÃO QUE COMEÇOU NO GOVERNO LULA.

  

OS INCONSISTENTES ARGUMENTOS EM FAVOR DO ABORTO

NÃO CONDIÇÕES PSICOLÓGICAS PARA A MATERNIDADE

     A revista TPM, n° 41, apresentou os seguintes argumentos, em favor do aborto, de personalidades do meio artístico:
     Cynthia Howlett: “Eu era muito nova, por isso decidi fazer”; Vera Zimmermann: “Não estava preparada...meu namorado não era o cara que eu sonhava para ser o pai de um filho meu.”; Penélope Nova: “Era muito nova e não via sentido em ter um filho naquelas circunstâncias.”
     Percebo nesses argumentos a desvalorização da vida em nome de um ideal pessoal. Teologicamente falando, isso é egocentrismo. O Governo não deve agir e o Congresso Nacional não deve legislar baseando-se nesses argumentos individualistas, egoistas, liberais, mas na sabedoria, no amor à vida.



CONDIÇÕES ECONÔMICAS PRECÁRIAS - Dentre os depoimentos dados à Tpm, o que mais  chocou foi o de Vera Zimmermann, que disse: “prefiro o aborto a colocar uma criança no mundo sem condição de cuidar e educar decentemente.”  Este é o argumento econômico do aborto, pois  usa o dinheiro (ou a falta dele), como critério para deixar o rio da vida seguir seu fluxo natural, ou secá-lo totalmente. Será que a vida só tem valor se houver dinheiro, condições econômicas favoráveis?  Graças a Deus que esse não é o pensamento de milhões de mães que, mesmo sendo pobres, tiveram seus bebês, educaram-nos com dificuldade, e hoje eles são pessoas inseridas socialmente. 

LIBERDADE DA MULHER SOBRE O SEU CORPO – No caminho dos dois argumentos anteriores encontra-se uma das teorias mais cruéis em favor do aborto. Ela diz que a mulher tem total liberdade sobre o seu corpo, inclusive, o direito de matar uma vida que ela mesma gerou.  Em refutação, o “movimento das mães” diz que a liberdade existe, mas ela deve ser usada para promover a vida, jamais para obrigar o Estado a liberar o infanticídio.



A EXISTÊNCIA DE MILHÕES DE ABORTO
     Os defensores do aborto dizem, ainda, que ele é uma prática normal entre as mulheres e que milhões de abortos são feitos no Brasil, anualmente, e por isso, deveria haver a legalização dessa prática. . Este argumento é questionável, por diversas razões. Primeiro, porque a maioria das mulheres são contra o aborto, logo, onde estão as milhões de mulheres que abortaram? Segundo, porque os abortos ilegais são consequências de erros dos jovens: relaçionamentos sem compromisso e sem o respeito mútuo; desrespeito aos conselhos dos pais; a auto-desvalorização das próprias mulheres; super valorização dos desejos em detrimento da razão, e, principalmente, resultado da falta de temor (respeito) a Deus. Logo, os abortos revelam a destruição das bases da família, resultam do desprezo  da parte de muitos filhos  aos conselhos dos pais. Todo este quadro vai de encontro à vontade de Deus, que quer que os jovens ouçam e honrem seus pais (ver Provérbios: 4:1; 10:1; 13:1). Portanto, a liberação do aborto baseando-se nesses erros, é o mesmo que desprezar a sabedoria e seguir o caminho da loucura.


     Os defensores do aborto, com os argumentos apresentados acima, mostram, claramente,  que objetivam, em primeiro lugar, agradar às mulheres liberais e defender seus desejos liberais. Porém eles não conseguiram, provar que o aborto dignifica a mulher e dignifica à vida. Eles também se esqueceram que o Estado deve agir pautado na verdade, na ética, no amor à vida
       Um outro ponto que os defensores do aborto se esquecem de apresentar à sociedade é que assassinar um feto não resolve os problemas da mulher,  pelo contrário, ele gera mais problemas: sentimento de culpa; impulsos suicidas, pesar/abandono, arrependimento; baixa auto-estima; preocupação com a morte; insônia; desejo de terminar o relacionamento com o parceiro; nervosismo, etc.   Esses males, chamados de síndrome do pós-aborto  são suficientes para levar qualquer pessoa de bom senso a ser contra o aborto. Eu disse contra  aborto, não contra a mulher, pois, elas precisam de apoio psicológico, de pessoas que amam a vida para levá-las a amar o ser que nela está sendo gerado.  Não é sábio oferecer-lhes os hospitais públicos para a prática da eliminação da vida.  

     O PAPEL DO ESTADO – O Estado não deve agir pautado nos argumentos dos liberais, daqueles que querem o mal, dessa maneira o Congresso terminará liberando a bestialidade, o crime de um modo em geral, pois é isso que muitos querem. O Estado deve colocar como ideal de suas ações a verdade, a ética, o amor à vida.

DIANTE DISSO FICA CLARO QUE OS MINISTROS DA PRIMEIRA TURMA DO STF NÃO SE PAUTARAM PELA VERDADE, PELO AMOR À VIDA, MAS PELOS SEUS IDEAIS LIBERAIS.


O QUE A IMPRENSA NÃO APRESENTA
     A imprensa, favorável ao aborto, não apresenta que o feto, também, tem direito à vida, que o aborto não vai resolver o problema do estupro (assassinar um feto não resolve os problemas da mulher e não eximirá a mãe da culpa futura). Não dá ênfase aos males do aborto? Esses males são destrutivos para a mulher, já o nascimento do bebê traz mais um sorriso ao mundo dos homens.

O QUE DEVERIA SER APRESENTADO À SOCIEDADE

     O Governo deveria apresentar aos brasileiros que o feto, também, tem direito à vida e que o aborto não vai resolver o problema do estupro, e, também os resultados negativos do aborto. (fonte: www.portaldafamilia.org ) Esses males já levam qualquer pessoa de bom senso a ser contra o aborto. Eu disse, contra aborto, não contra a mulher, pois, elas precisam de apoio psicológico, de pessoas que amam a vida para levá-las a amar o ser que está sendo gerado. Não é sábio oferecer-lhes os hospitais públicos para a prática da eliminação da vida.

A DECISÃO DO STF, OS OVOS DE TARTARUGAS .

SE OS MINISTROS DO STF FOSSEM JULGAR UMA AÇÃO QUE PEDISSE A LIBERAÇÃO PARA DESTRUIR OS OVOS DE TARTARUGA, SERÁ QUE ELES LIBERARIAM? COM CERTEZA NÃO. É TRISTE SABER QUE PARA MUITOS OVOS DE TARTARUGA VALEM MAIS DO QUE EMBRIÃO E FETOS HUMANOS. Quem destruir um ovo de tartaruga (que também não sentem dor), vai preso. Agora quem abortar até o terceiro mês de vida um feto, nada sofrerá. ISSO É A ANIMALIZAÇÃO DO HOMEM, A ANIMALIZAÇÃO DO SER HUMANO, A DESVALORIZAÇÃO DA VIDA. 





O ABORTO ANULA A HISTÓRIA

     Há quem concorde com o aborto em caso de estupro. Porém, extirpar algo da mulher não resolverá o problema do estupro. É violência em cima de violência. Além do mais, o aborto anula a história. Por isso certa mulher, nos EUA, que tinha sido estuprada, resolveu ter o filho, e então, o deu para adoção. Hoje, essa criança, que escapou do aborto é um missionário. Infelizmente milhões de fetos não tiveram essa mesma sorte. Por isso, somente a eternidade nos revelará quantos milhões de médicos, engenheiros, pastores, professores, etc. foram impedidos de nascer, e tudo isso porque suas mães disseram: “QUEM MANDA NO MEU CORPO SOU EU”



  A  REAÇÃO DAS  MULHERES CONTRA O ABORTO

   O movimento feminista representa as mulheres brasileiras? De acordo com Renata Gusson, não. Em audiência na Subcomissão Permanente em Defesa da Mulher, no dia 08 de março de 2012, no Senado Federal, ela acusou o movimento feministas e as Senadoras favoráveis ao aborto de representarem interesses de grandes fundações internacionais que querem a liberação do aborto no Brasil, as fundações Ford, Rockefeller, McArthur. Para Gusson, o movimento feminista é instrumentalizado, por essas fundações, para agir contra a mulher. Gusson foi educada, porém firme ao dizer às Senadoras: “as senhoras não representam a mulher brasileira... Mas os interesses das fundações internacionais...” Para Gusson, se o aborto for liberado, 50% das mortes serão de mulheres, logo, as abortistas não tem amor pelas mulherese, e concluiu dizendo: “Gostaria que as senhoras representassem as mulheres brasileiras”, referindi-se à grande maioria das mulheres que é contra o aborto.
                No vídeo da audiência, que pode ser visto no link
http://www.portaldafamilia.org/videos/vidasenado.shtml

 pode-se ouvir o aplauso das mulheres à Renata Gusson e o silêncio, quase audível das dirigentes da reunião. 

NADA SE COMPARA À VIDA

     O aborto não só acaba com uma vida humana, mas, também anula com uma mãe. Por outro lado, o nascimento de um criança, independente das circunstâncias, sublima a vida. A Bíblia diz: “Da boca das criancinhas tiraste perfeito louvor.” (Mt.21:16) E onde encontramos o louvor de uma criança? No seu sorriso, no seu choro, em seu olhar, nos seus instintos, no coração que palpita em seu peito, no ar que ela respira, na luta desesperada para engatinhar... Tudo isso expressa a perfeição de Deus. Por isso, nada se compara à vida. Essa verdade levou o salmista a proclamar: “entreteceste-me no ventre da minha mãe...Eu te louvo porque de um modo terrível e maravilhoso fui formado.” (Sl.139:13,14).

A GRANDIOSIDADE DA VIDA

     Devemos lutar contra o aborto por causa da grandiosidade da vida. O milagre da vida é inexplicável, racionalmente. Isso é visto nos questionamentos: Como o esperma é gerado? Quem dá ordem ao corpo da mulher para que ele produza, mensalmente, o óvulo? Quem disse aos espermatozóides que eles deveriam correr? Quem lhes ensinou o caminho a percorrer? Por que eles não andam para traz? Com que poder o óvulo se fecha quando ele é fecundado pelo primeiro espermatozóide? A resposta a essas perguntas se encontra em Salmos 139:6 ¬“Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim; elevado demais para que possa atingir.”

     VAMOS PROIBIR DE UMA VEZ POR TODAS O ABORTO, pois no aborto não se elimina somente o feto, mas, também, as características de um ser humano em potencial e é lei divina que todo o feto tenha direito ao nascimento.


     Gostaria de ler nos jornais os seguintes títulos: GOVERNO PARA DEFENDER A VIDA; PSICÓLOGOS DO GOVERNO DARÃO APOIO A QUEM QUER ABORTAR E AS INCENTIVARÃO A TEREM SEUS BEBÊS; HOSPITAIS PÚBLICOS SÓ SERÃO UTILIZADOS EM FAVOR DA VIDA, DIZ GOVERNO. Isso é um sonho, mas vale a pena sonhar!

Prof. João Moreno de Souza Filho.
Pastor, Psicopedagogo, Jornalista, Teólogo.

 Artigo protegido por direito autoral., pertencente à REVISTA O FAROL.  Plágio, cópia sem o crédito, ´crime, anti-ético, imoral.

Contato:

jmorenofilho@yahoo.com.br
Zap - (19) 9 8324-6484.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O CHORO DE DEUS PELOS MORTOS DO CHAPECOENSE

Na última madrugada da segunda feira, 29 de novembro, o avião que levava o time do Chapecoense,que iria disputar a final da Copa Sul-Americana com o Atletico Nacional, em Medelín, caiu. No avião viajavam 77 pessoas, dentre elas jornalistas, cinegrafistas, e o time do Chapecoense, cuja maioria morreu nesse trágico acidente.

Há pessoas, por exemplo, que criticam Deus, porque ele não fez nada para impedir esta tragédia, como se Deus fosse responsável pelos erros humanos, pela  falta de manutenção de aeronaves, ou sabe-se lá qual foi as causas do acidente (fala-se inclusive em pane seca).
  
             Sobre os sentimentos divinos, afirmo que muitos têm ideias equivocadas sobre Deus. Esses equívocos deturpam o entendimento de como Deus age com os seres humanos. muitos pensam que Deus é desprovido de sentimentos, e o pior, um ser totalmente, absolutamente e eternamente sério.

             Reconheço que Deus não têm os sentimentos humanos, pois eles estão manchados pelo pecado, porém a Bíblia Sagrada refuta a ideia de que Deus é um ser sério que não tem um pingo de sentimentos.

             Um dos textos sagrados que revelam que Deus tem sentimentos positivos é Isaías 65.19. O contexto deste versículo mostra que Deus criará algo bom para o seu povo, e isso deixará seus servos felizes. Mas o que surpreende-me é o versículo 19 cuja informação mostra que o próprio Deus ficaria feliz com a felicidade de seu povo. Vejamos como ele está escrito:

             “Folgarei por causa de Jerusalém, exultarei no meu povo...”

             O Altíssimo usa os verbos folgar e exultar para mostrar todo o seu contentamento. Isso é grandioso porque hoje eu posso perceber que  Deus se alegra com a felicidade de seu povo. Eu posso imaginá-lo pulando de  de alegria no céu quando seu povo é abençoado.

             Mas surge uma pergunta: Se Deus se alegra com a felicidade do seu povo, Ele se entristece com as desgraças que atingem a humanidade?

             Bem, se eu afirmar que Deus só sente alegria e não tristeza, então ele é incompleto. Esse pensamento de que Deus não sente tristeza também pode ser refutado na Bíblia. Um dos textos que eu uso para isso se encontra em 2 Coríntios 7.10 que afirma que Deus produz tristeza naqueles que pecam. Ora, por acaso aquele que produz tristeza não se entristece? Esta pergunta é coerente com Salmo 94.9 que afirma: “Aquele que fez o ouvido, não ouvirá? E o que formou o olho, não verá?”

             Um outro texto que mostra, de uma maneira muito forte que Deus tem sentimento de tristeza é Ezequiel 33.11. Nele, Deus afirma pela sua vida que: “...Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio.”

             Este texto deixa claro dois pontos:

1.       Quando o ímpio, que é o pecador da pior espécie, morre, Deus não tem prazer nesta morte.
2.       Se Deus não tem prazer, ele tem o que? Ele é neutro? Por acaso há ponto neutro em Deus? Por acaso há, no Altíssimo, algum ponto em que Ele não é nem uma coisa nem outra? Não, mil vezes não! Ele se entristece com a morte de um ímpio.

Diante desses textos sagrados, posso afirmar, com toda certeza, que se fosse possível juntar e medir a tristeza de todos os parentes das vítimas do trágico incêndio com o avião que levava o time do Chapecoense, a tristeza de Deus seria infinitamente maior do que toda a tristeza medida. Isso porque quem morreu nesta tragédia não foram somente muitas pessoas de bem, Deus não olha isso no ser humano, somente.  Deus olha para o coração. Deus olha para o ser humano como sua criatura, sua imagem e semelhança. Quem morreu naquele acidente foram:


1.       Dezenas de  pessoas criadas por Ele para representá-lo na terra e divulgar seu ideal ético;
2.       Dezenas  pessoas formadas por Deus com amor e carinho;
3.       Dezenas  pessoas que poderiam ser usadas por Deus para transformar as realidades injustas do Brasil e transformar corações feridos;
4.       Dezenas  jovens que tinham tudo para servir a outros seres humanos, filhos de Deus;

Assim como os parentes das vítimas desta tragédia, assim como os torcedores do Chapecoense, assim como todo o Brasil, o coração de Deus está partido, ferido pelas 71 mortes até agora confirmadas.

 São 71 feridas, 71 flechadas de tristeza no âmago do Criador. Além disso há os choros dos pais, os gemidos das mães, que tocam em Deus, deixam o Todo Poderoso entristecido. E essa tristeza não é tristeza de homem, mas uma tristeza divina, logo, uma tristeza eterna, infinita, incompreensível.

Agora eu tenho uma boa nova para os parentes desse trágico acidente: O Deus que se entristece é o Deus que se alegra, e ele quer que sua alegria, seu conforto, atinja ChapecóQuando a alegria divina voltar a correr nas ruas de Chapecó; quando a felicidade começar florescer em Chapecó,  então eu poderei afirmar que cumprir-se-á Isaías 65.19: Ele, o Altíssimo, se regozijará nos habitantes da cidade catarinense  e pulará de alegria com a felicidade dos irmãos de Chapecó.


NÃO DEIXEM DE LER, CLIKANDO NO LINK ABAIXO


Moradores de Chapecó recebam um beijo no coração de vocês, mas  um beijo do coração de Deus.

João Moreno de Souza Filho é,
Jornalista,
Professor de Teologia, Escritor,
Evangelista nas Assembleias de Deus
e  Psicopedagogo.



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

LUTO NO MUNDO TEOLÓGICO - MORRE REVERENDO ELBEN M. LENS CÉSAR.

ELBEN CÉSAR, 1930 – 2016. LAMENTO

 Partiu para a glória, aos 86 anos, o reverendo Elben Lenz Cesar. Rev. Elbem César fundou a Editora Ultimato e contribuiu com o enriquecimento da teologia evangélica no Brasil e no mundo. Segue, abaixo, o texto postado site da Editora Ultimato: http://www.ultimato.com.br/


"É com pesar que a família e a Editora Ultimato comunicam o falecimento do pastor Elben Magalhães Lenz César. Aos 86 anos, Elben César morreu hoje, quinta-feira, dia 6 de outubro de 2016, às 1h08 min., no Hospital Madre Tereza, em Belo Horizonte, MG, vítima de uma parada cardíaca, resultado das complicações clínicas enfrentadas nos últimos 29 dias de internação, após uma queda, em casa. Ele era casado com Djanira Momesso César, pai de cinco filhas, avô de dez netos e bisavô de quatro bisnetos.


O culto de gratidão por sua vida será realizado na Igreja Presbiteriana de Viçosa, às 9h desta sexta-feira, dia 7 de outubro e, em seguida, o sepultamento acontecerá no Cemitério Colina da Saudade, em Viçosa, MG.



O texto bíblico que nos consola é também um dos preferidos dele: Tu, SENHOR, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti (Is 26.3).



E, claro, também nos anima a sua lembrança insistente em zombar da morte apelando para a ironia do apóstolo Paulo: “Onde está, ó morte, a tua vitória?” (1Co 15.55). Ironia porque a resposta à pergunta vem antes, da lavra do mesmo escritor: “O último inimigo a ser destruído é a morte” (v. 26). Assim, antecipando o riso futuro e sem sair do mesmo capítulo 15 da primeira carta aos Coríntios, reafirmamos as últimas linhas: “Meus queridos irmãos, sejam fortes e firmes, sempre dedicados ao trabalho do Senhor, pois vocês sabem que nada do que vocês fazem para o Senhor é inútil” (v. 58).

a, o sepultamento acontecerá no Cemitério Colina da Saudade, em Viçosa, MG.


O texto bíblico que nos consola é também um dos preferidos dele: Tu, SENHOR, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti (Is 26.3)."



MEU COMENTÁRIO:

Eu tive a oportunidade de conhecer o reverendo Elben L. César, no IBAD, (Instituto Bíblico das Assembleias de Deus), em Pindamonhangaba, SP. Na oportunidade o entrevistei para o jornal da entidade e aprendi com ele sobre o valor da Bíblia Sagrada. 

Homem sábio, de uma agilidade mental impressionante, porém de uma humildade inigualável. 


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

HISTÓRICO - EVANGÉLICOS ELEGEM OS 3 VEREADORES MAIS VOTADOS EM RECIFE E MOGI MIRIM DÁ UM PASSO À FRENTE

Esta matéria está marcada, neste blog, nas seguintes áreas: Sociedade e Política. Por que não coloquei religião? Por causa de muita gente que acredita que devemos separar  religião e política. Eu concordo que devemos separar religião e política no processo eleitoral, acho justo e ético. Porém é impossível achar que o homem, um ser religioso, social por natureza, e político em sua ação social possa, no processo eleitoral, se dividir em 3 e ser somente político no momento da eleição. Isso é mera hipocrisia daqueles que não contribuem, só criticam, e na hora do voto ainda votam em branco. 

VAMOS AO EXEMPLO DE RECIFE:

Os três vereadores  (isso mesmo, os três) mais votados de Recife são evangélico. ISSO É HISTÓRICO, FENOMENAL, FANTÁSTICO, POR VÁRIAS RAZÕES:

  1. Deixa claro que a esquerda (PT e companhia) perdeu espaço de vez, na cidade. 
  2. Revela que os evangélicos daquela cidade estão, a cada eleição, percebendo o valor da participação dos evangélicos nas eleições.
  3. Demonstra que cada dia mais os evangélicos querem participar do processo eleitoral. E quanto mais evangélicos se candidatando, menos espaço para comunistas, liberais, amantes do regime cubano, e por aí vai. 
  4. Aponta que novos ventos políticos e ideológicos começam a soprar na cidade. 
  5. Indica que os frutos plantados, há anos, na cidade, com conscientização política, estão sendo colhidos. 
No destaque o nome dos 3 Vereadores mais votados de Recife.
Todos evangélicos. A irmã Aimée representou os membros da
igreja AD, de Recife, pastoreada pelo pastor
Ailton José Alves. 

CONSCIENTIZAÇÃO POLÍTICA, O QUE É? - A conscientização política é mais poderosa do que o processo eleitoral, com toda a divulgação. Ele leva tempo e deve ser realizado anos antes das eleições. Vejam as principais características de uma boa conscientização política entre nas igrejas evangélicas:

1)    Envolve a discussão de ideias, entre os membros, para a solução dos problemas éticos nas cidades. Os membros se reúnem em grupos, nos bairros ou nas regiões, apontam os problemas, indicam as soluções, fazem abaixo-assinado entre a população, e as igrejas, juntas, encaminham as possíveis soluções para o poder público (Prefeitura, Câmara de Vereadores), para a imprensa, etc. 

2) Estuda-se as características de um bom vereador, Deputado, Prefeito: características éticas, educacionais, sociais, pessoais, familiares. Essas características devem ser estudadas pelos adolescentes e jovens. Dessa forma eles começam a ter uma mente crítica, pensante, do ponto de vista político-social. 

3) Nesse processo é possível identificar pessoas com potencial político e encaminhá-las para se candidatarem à presidência de bairros, aos Conselhos Tutelares, encaminhá-los para participarem das conferências do Governo Federal nas áreas de Educação,  Políticas Públicas, e de muitas outras conferências estaduais e municipais. 

4) Todos os que desejam se candidatar devem, necessariamente, ser apresentados, incentivados, "levantados", para que sejam conhecidos e possam demonstra o potencial político. Lembremo-nos que leva vários anos para se formar um bom político. Os que têm potencial político precisam, obrigatoriamente, participar dos eventos políticos na cidade: participar das sessões na Câmera de Vereadores, da Assembleia Legislativa; enviar propostas de projetos de Leis para os legisladores, e muitas outras ações que podem ser realizadas na cidade. 

O QUE É AÇÃO SOCIAL?  É tudo o que a pessoa faz, ao longo de anos, em favor das pessoas, dos bairros: ajudando, aconselhando, melhorando a vida das pessoas. Como vemos, a ação social é um trabalho constante e não somente em período eleitoral.
RESULTADOS DA CONSCIENTIZAÇÃO POLÍTICA

Se uma igreja faz uma boa conscientização política, no processo eleitoral será mais fácil participar, com os representantes evangélicos, de uma eleição.


MOGI MIRIM DÁ UM PASSO À FRENTE

Pela primeira vez os evangélicos de Mogi Mirim tiveram um candidato evangélico, Dr. Elias Ajub, que ficou em terceiro lugar no resultado final do pleito.

Tal resultado é muito bom pois, como os nomes antigos vão se desgastando, Dr. Elias Ajub já “marca seu território” e se prepara para voos mais altos.

Esse foi um passo ousado e importante do presidente do PR de Mogi Mirim, pastor Roberto Bueno que também é Presidente da AD. Belém da cidade. Tal ação mira o futuro da cidade. Se queremos modificar o Brasil, precisamos ousar, agir com coragem. Se ficarmos escondidos sempre seremos “massa de manobra.”

Com esse passo, um membro da Assembleia de Deus, Belém, Samuel Cavalcante, foi eleito Vereador. 

São ações desse tipo que ligar o “radar’ do povo evangélico e de toda a cidade para novos nomes, novos talentos.

Por João Moreno S. Filho.

E-mail: jmorenofilho@yahoo.com.br