FOLHEADOS NO VAREJO E NO ATACADO. GANHE DINHEIRO!

domingo, 14 de agosto de 2016

"PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS" - FELIZ DIA DOS PAIS

Em Mt. 6.9-14 encontramos a denominada, ao longo da história do Cristianismo de "A ORAÇÃO DO PAI NOSSO."

Nela, Jesus destaca, em primeiríssimo lugar, que Deus, muito mais do que Senhor, Onipotente, Sábio, quer se relacionar conosco como pai, O GRANDE PAI.

Isso derruba por terra todo esteriótipo que a religião colocou em Deus. O Deus apresentado pela religião é um Deus carrancudo, sisudo, radical, distante dos homens pela sua Onipotência e Sabedoria, etc.

Não nego que Deus é Onisciente, transcendente aos seres humanos, ilimitado, imenso, mas não são essas características de Deus que Jesus enfatizou. Elas distanciam Deus dos seres humanos, se forem absolutizadas no ideal humano.

O DEUS QUE JESUS APRESENTOU É UM SER TRANSCENDENTE, SIM, PELO SEU SANTO NOME, TEM UM REINO, PORÉM NÃO ESTÁ DISTANTE DOS HOMENS. ELE ESTÁ PERTO E QUER SER CONSIDERADO, PELA HUMANIDADE, COMO PAI, E DESEJA TER ESSE RELACIONAMENTO COM TODAS AS PESSOAS.

Um pai ama, perdoa, dá bronca, disciplina, coloca limites, discorda, aponta caminhos, e também, ama, deseja o melhor para o filho, supre suas necessidades, etc. É esse o Deus que temos e que devemos abraçar.

Hoje, 14.08.2016, todos os pais: VOCÊS PRECISAM ENTENDER QUE, COMO PAIS, REPRESENTAM DEUS, O PAI DE TODOS OS PAIS. NÓS PRECISAMOS PASSAR, PARA OS NOSSOS FILHOS, CARACTERÍSTICAS DE DEUS, COMO PAI.


A todos os pai, Deus é pai, por isso,

FELIZ DIA DOS PAIS!

João Moreno de Souza Filho.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

CUIDANDO DOS PASTORES - QUEM CUIDARÁ DOS PASTORES, NA CRISE?

¢O PASTOR CUIDA DE TODOS, SE PREOCUPA COM TODOS DO REBANHO...
¢PORÉM...

¢QUEM CUIDARÁ DOS PASTORES QUANDO  ELES ENTRAREM EM CRISE?
A Igreja Assembleia de Deus, Madureira, de Mogi Guaçu, realizou, nos dias 18 à 23 de julho, a ESCOLA BÍBLICA DE OBREIROS, CUJO TEMA FOI: "O EXERCÍCIO DO MINISTÉRIO NA IGREJA ATUAL."

O escritor do livro da EBOM foi o pastor José Elias Croce, que falou sobre diversos temas como: "Os Desafios do Obreiro na Pós-Modernidade", "O Obreiro, a Liturgia e o Púlpito", dentre outros temas relevantes. 

O professor João Moreno foi um dos palestrantes da EBOM. Ele ministrou sobre: CUIDANDO DE PASTORES.

Em sua palestra ele deixou claro que os ministros são humanos, sujeitos a passarem por crises. Foi destacado, na palestra, que A UNÇÃO NÃO ANULA A HUMANIDADE DO PASTOR.

"TEM CUIDADO DE TI MESMO" - 1 Tm. 4.16 - Paulo recomendou ao jovem obreiro Timóteo que ele não se esquecesse de cuidar de si mesmo. QUE LIÇÃO TIRAMOS DESSA RECOMENDAÇÃO? As lições serão destacadas nos pontos abaixo:

1) OBREIRO QUE NÃO CUIDA DE SI, DE SUA SAÚDE MENTAL, FÍSICA E ESPIRITUAL, NEGLIGENCIA UMA RECOMENDAÇÃO DIVINA. - 

   Diferente do que muitos pensam, o obreiro deve cuidar de si mesmo, em primeiro lugar, para depois poder cuidar de sua família e da igreja. Obreiro que não é saudável, não terá condições de cuidar da igreja de Deus. Por isso, é recomendável que o obreiro invista no  laser, com sua família, tenha descanso semanal, e tire férias. 


2) O apóstolo Paulo reconheceu a necessidade de o obreiro ter um tempo para ele mesmo - Para ler, estudar, descansar, se recuperar dos desgastes ministeriais, que não são poucos. 

AS PREOCUPAÇÕES DO PASTOR 

Muitos crentes não entendem quando um pastor entra em crise, em estafa mental. Porém essas pessoas desconhecem que o pastor tem diversas preocupações:
1) Preocupação com sua família, esposa e filhos. 
2) Se envolve com problemas de centenas de pessoas, na igreja. 
3) Tem que resolver problemas ministeriais (os piores, às vezes).
4) Sofre o peso da administração da igreja. 
5) Tem que cuidar dele mesmo: sua saúde emocional, física, espiritual.
6) É chamado para resolver problemas de vizinhos com relação à igreja. 
7) Ele sofre ataques espirituais, tentações.
etc. 

Tudo isso desgasta, cansa a mente, atinge as emoções, perturba os pensamentos, gera aflição de espírito. Por isso todos os crentes deve orar, e muito, pelo seu pastor, e, se possível, ajudar nas soluções dos problemas. 

   A CLÍNICA PASTORAL

    A clínica pastoral é uma instituição da igreja, ou da convenção, composta por pastores fieis, de confiança, que tem como objetivo tratar os ministros da Palavra quando eles enfrentarem crises no casamento, de depressão, estafa mental, etc.  Essa é uma solução sábia diante das pressões que o pastor enfrenta. Deixar um pastor lutar, sozinho, contra todas as pressões, fará, com que ele, inevitavelmente, desenvolva doenças como pressão alta, úlcera no estômago, etc. 

Pastor José Elias Croce, autor do livro da EBOM.



LIVRO DO EBOM.

Plenário da EBOM.

Pastor Gessé Plácido Ribeiro, pastor presidente
da Igreja AD, Madureira, em Mogi Guaçu, SP. 


Evangelista e professor João Moreno,
palestrando sobre "o cuidado com os pastores
quando eles estiverem em crise."
NÃO DEIXE DE CLICKAR NO LINK ABAIXO E LER SOBRE:

ENQUETES TEOLÓGICAS


A 11ª edição da EBOM, além de ter sido um sucesso, deixou caminhos abertos para que outros temas fossem ministrados, em outras datas, afinal, a riqueza do material é tão grande que não deu para que todos os temas fossem analisados durante a semana da EBOM.

Parabéns ao pastor Gessé Plácido Ribeiro e à igreja AD, de Mogi Guaçu.


João Moreno de Souza Filho.

CONTATOS PARA SEMINÁRIOS E PALESTRAS:

E-mail: jmorenofilho@yahoo.com.br.

Zap.. (19) 9 8324-6484.

domingo, 31 de julho de 2016

MORRE PASTOR CESINO BERNARDINO, E MUNDO EVANGÉLICO CHORA

O mundo evangélico brasileiro e mundial foi surpreendido com a seguinte informação, no site dos Gideões Missionários da Última Hora.

"Faleceu hoje, sábado 30, às 13h20min, o pastor Cesino Bernardino, presidente dos Gideões Missionários da Última Hora e da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Camboriú - SC.
O funeral será no pavilhão dos Gideões Missionários e o sepultamento será na segunda-feira, dia 01/ago..
Partiu para estar com nosso Senhor Jesus Cristo. Toda a família, ministério, funcionários e missionários dos GMUH estão de luto. Contamos com vossas orações.."

O pastor Cesino tinha 81 anos e foi o  líder e fundador dos GMUH, deixou um legado missionário. Sob sua liderança centenas de missionários foram sustentados, milhares de ações missionárias foram realizadas no Brasil, e no mundo. Sem dúvida, ele foi UM APÓSTOLO DOS SÉCULOS XX E XXI. 
Que Deus conforte a igreja e a família enlutada. 

Por João Moreno S. Filho. 

sábado, 30 de julho de 2016

MORRE, EM PORTUGAL, O CANTOR ADILSON LOPES


Faleceu, em Portugal, no dia 28 de julho de 2016, o compositor e cantor evangélico, Adilson Lopes.

Com 60 anos de idade, ele foi promovido às mansões celestiais e deixa um legado de adoração ao rei, como veremos, nos dois hinos, abaixo.

Sua potente voz alegrou corações e fortaleceu a fé de milhões de pessoas.









CONFIA EM DEUS - ADILSON LOPES







CREIO EM TI - ADILSON LOPES




Por João Moreno S. Filho.


sexta-feira, 29 de julho de 2016

ENQUETE 05 - DEVEMOS SER PERFEITOS? EM QUE ÁREA?



No meu face apresentei a seguinte enquete


ENQUETE 05 Em Mt. 5.48 Jesus disse: “...SEDE PERFEITO, COMO PERFEITO É VOSSO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS...”
Ora, sabemos que é impossível o homem ser perfeito. Mais impossível, ainda, é ser perfeito como Deus. Diante disso, surge algumas perguntas: Jesus exagerou em sua exigência? Ele errou? Como é possível ser perfeito como Deus? Em que sentido está essa perfeição? SEGUEM, ABAIXO, ALGUMAS ALTERNATIVAS. ESCOLHA A SUA, COMENTE, PARTICIPE. A RESPOSTA FINAL ESTARÁ NO MEU BLOG. 
ABRAÇOS.
Prof. João Moreno.
1) Jesus exagerou, foi uma Hipérbole. 
2) Jesus foi exato em suas palavras. É PARA SERMOS PERFEITOS COMO DEUS, NÃO IMPORTA SE SOMOS HUMANOS. 
3) Jesus se enganou. 
4) Não era isso que Jesus queria dizer. Os discípulos erraram ao interpretar equivocadamente o que Jesus tinha dito.
5) Foi erro de tradução.
6) Não sei. Quero aprender.

Agora vamos ao artigo sobre a enquete:

 A PERFEIÇÃO QUE JESUS REQUER DE NÓS

     Em Mt. 5.48 encontramos a seguinte declaração de Jesus: “Sede vós, pois, perfeitos, como perfeito é vosso Pai celestial.”
     Esse mandamento é muito forte, principalmente para os padrões humanos, pois, não existe homem perfeito, logo, pela lógica, é impossível sermos perfeitos como Deus. Diante disso, surgem algumas dúvidas, alguns questionamentos, e alguns posicionamentos, que serão elencados, abaixo.

I)                   O PENSAMENTO DOS PURITANOS RADICAIS Os puritanos radicais abraçam, de maneira plena, a palavra “perfeição”, e exigem de si, e dos outros, uma perfeição absoluta em todos os aspectos: moral, religioso, familiar, etc. Eles não aceitam qualquer tipo de erro.

O PROBLEMA DO PURITANISMO RADICAL -  O puritano radical (fanático), descobrirá, com o tempo, que ele mesmo é imperfeito, que não atingirá a perfeição que idealizou.  Diante disso eles podem:

1)      Fingir que são perfeitos, na igreja, e tolerar seus atos pecaminosos. Vivem uma vida dupla, de fingimento, de hipocrisia.

2)      “chutar o balde”, abandonar o padrão de perfeição idealizado, e passar a viver o oposto: o liberalismo ético.


II)                OS “SÁBIOS” AOS SEUS PRÓPRIOS OLHOS -  

Há pessoas que se acham mais sábias do que Jesus, do que os apóstolos. Elas têm a coragem de
 afirmar o que o texto não afirma. Vão além dos pensamentos ditos por Jesus e pelos apóstolos, o que é
desrespeito à todos os princípios da Hermenêutica.
     Esse grupo de pessoas afirmam, de maneira convicta, que Jesus não quis falar em perfeição, no sentido absoluto, mas, sim, no sentido relativo. Logo, não devemos nos preocupar em sermos perfeitos.  Ora, aqui faço uma pergunta: ONDE ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA QUE JESUS FALOU EM PERFEIÇÃO RELATIVA? QUAL APÓSTOLO DEFENDEU ESSA IDEIA? SE É RELATIVA, DEIXOU DE SER PERFEIÇÃO!

III)             O IDEAL DA PERFEIÇÃO - OS CONCILIADORES -  Para acalmar os ânimos, surgem, no debate, os conciliadores, que, com seus conhecimentos do grego, da exegese, afirmam que Jesus apresentou “um ideal de perfeição”.  Para eles, os cristãos devem lutar por esse ideal, porém a perfeição, real, só acontecerá na vida futura, com a glorificação.

       O PROBLEMA DO “IDEAL DE PERFEIÇÃO” – Esse pensamento enfrenta alguns problemas, a saber:
1)      Se a perfeição que Jesus falou, é um ideal, é algo que acontecerá somente na vida futura, então Jesus se equivocou ou nos enganou.
2)      Ao analisarmos o conjunto frasal, observamos, de maneira clara, que não há, nas palavras de Cristo, nenhum indicativo de que a perfeição que ele exigiu, será real, somente na eternidade.
3)      Jesus foi bem claro: “SEDE VÓS...” Ele se dirigiu a pessoas reais, de carne e osso, que viviam no seu momento histórico. Ele não disse: “lutem para alcançarem a perfeição na vida porvir”, não. Ele falou: “sede”. É uma recomendação para a vida presente.

Como podemos perceber,  nas 3 linhas de pensamentos, apresentadas acima, há problemas de entendimento sobre o que Jesus realmente quis dizer com a palavra “perfeitos”, “téleioi”, no grego. É a partir deste ponto que começo a analisar o pensamento de Jesus.

IV)               O QUE JESUS QUIS DIZER COM A PALAVRA “PERFEIÇÃO”?

Meu objetivo, aqui, não é analisar a palavra perfeição, no original. Meu propósito é entender o pensamento de Jesus sobre a perfeição. Para isso, usarei as segunda e terceira regras da Hermenêutica. A segunda regra diz:  “Sempre se deve tomar as palavras bíblicas no sentido indicado pelo conjunto da frase”,  e a terceira regra ensina: “Sempre se deve consultar o contexto, isto é, os versículos ou capítulos que precedem e seguem o trecho em questão,” (Doris Lemos, Ruth, Hermenêutica: Interpretando as Escrituras Sagradas, Pindamonhangaba: IBAD, 2010).

1)      O QUE JESUS NÃO EXIGE DE NÓS?
Primeiro, vamos descobrir o que Jesus não quis dizer com a palavra “perfeição” nem o que ele exige de nós ao usar “téleioi”. Isso é muito importante, pois ao descobrirmos o que Deus não exige de nós, anulamos todo e qualquer tido de radicalismo e de fanatismo religioso.

A)     JESUS NÃO EXIGE QUE TENHAMOS UMA FAMÍLIA PERFEITA – Se essa exigência estivesse implícita nas palavras de Jesus, Ele teria que dar explicação sobre a salvação de Davi, que, mesmo tendo uma família desestruturada, foi chamado, por Deus, de “homem segundo o meu coração”.

B)      JESUS NÃO EXIGE QUE SEJAMOS PERFEITOS NO TEMPERAMENTO -  Se Ele exigisse perfeição de temperamento, Ele deveria ter rejeitado Pedro, Paulo, pessoas impulsivas. Pedro,  pediu para Jesus não ir à cruz. Paulo, em sua impulsividade colérica, abandonou, na sua segunda viagem missionária, João Marcos. Ele poderia ter dado uma chance ao jovem Marcos, mas, magoado, ele preferiu rejeitá-lo.  (sobre isso falarei em temas futuros sobre como Deus restaura um obreiro que foi abandonado, que foi colocado na “geladeira ministerial”, que não é de Deus nem bíblica).

C)      JESUS NÃO EXIGE QUE SEJAMOS PERFEITOS NA FORÇA, DIANTE DOS DESAFIOS -  Se essa fosse a exigência de Cristo, Elias estaria fora dos padrões de Deus, foi enfraqueceu-se, pediu a morte, entrou em depressão. (Falarei sobre Elias no livro:                CUIDADO DE PASTORES: COMO DEUS RESTAURA OS OBREIROS EM CRISE).

D)     JESUS NÃO EXIGE QUE SEJAMOS PERFEITOS NA SANTIDADE -  Isso é muito importante. Jesus exige que sejamos santos, mas não “perfeitos em santidade”. Se essa fosse a exigência, Paulo estaria longe dos padrões divinos, pois ele mesmo falou: “O bem que quero fazer, não faço, e o mal que não quero fazer, faço.” Santidade é uma posição em Cristo. Em Cristo somos santos. Nele fomos “separados”, santificados para ele mesmo. Mas isso não quer dizer que somos perfeitos.
Diante das minhas declarações acima, alguém pode gritar: “ENTÃO, QUAL É A PERFEIÇÃO QUE JESUS REQUER DE NÓS?” SE NÃO É PARA SERMOS PERFEITOS, POR QUE ELE, CRISTO, USOU A PALAVRA PERFEIÇÃO? Calma, calma. Vamos devagar que o santo é de barro.

2)      QUAL É A PERFEIÇÃO QUE JESUS REQUER DE SEUS SERVOS? Usando a
segunda e a terceira regras da Hermenêutica, é fácil descobrir em qual área Jesus exige que sejamos perfeitos.

“VÓS” -  O vós, de Cristo, no grego, é enfático, e é usado como uma antítese ao que se era ensinado ao povo.  Ele estava, portanto, mostrando a diferença que deveria haver em seus seguidores.

                MT. 5.43 -  Jesus começou a preparar o terreno no versículo 43, ao afirmar: “Ouvistes o que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo.” Jesus quis desfazer desse ensino e estabelecer o seu, e o fez, com muita propriedade no v. 44: “EU, PORÉM, VOS DIGO: AMAIS AOS VOSSOS INIMIGOS, E ORAI PELOS QUE VOS PERSEGUEM.”  No versículo 45 ele foi mais forte, ainda: “PARA QUE VOS TORNEIS FILHOS DO VOSSO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS, “, ou seja, quem não ama, quem não perdoa, nunca será filho de Deus.

                O TEMA DO CONTEXTO Observamos, de maneira clara, que Jesus está falando sobre amor, perdão. E, no versículo 48 ele concluiu o seu pensamento: “SEDE VÓS, POIS, PERFEITOS, COMO É PERFEITO O VOSSO PAI CELESTIAL.”

                Vemos, de maneira clara, que o que Jesus requer, de nós, é:

PERFEIÇÃO NO AMOR, NO PERDÃO.

         Sobre isso, posso afirmar: O crente pode ser certo em tudo: na liturgia, na família, no temperamento, porém, SE ELE NÃO AMA, NÃO PERDOA, É IMPERFEITO.

         DEUS NÃO ACEITA MEIO TERMO -  Na área do amor e do perdão, Deus não aceita meio termo. Ele exige perfeição absoluta, total. Vejamos os pontos abaixo:

1)      Sem perdão ninguém irá ao céu – Na oração do “Pai Nosso”, em Mt. 6. 13,14, Jesus deixou claro, que quem não perdoa jamais será perdoado por Deus.
2)      O AMOR GERA A PERFEIÇÃO – Para Deus, a perfeição não está na humanidade, mas sim, no amor. Isto está claro em Cl. 3.14: “Revesti-vos de AMOR, QUE É O VÍNCULO DA PERFEIÇÃO.”  Mesmo se houver falhas humanas, na igreja, se houver o amor, ali está a perfeição que Jesus requer, pois através dele é possível perdoar, esquecer as falhas.

Diante disso, acertaram, na enquete, no meu face, os participantes: Luigi Bonaita, André Gabi Davi, Adriano Ferreira, Manassés Moreno, Azenate Basílio.

Sobre as participações, a professora de grego e exegese da Esteadebe, da AD. De Recife, PE, falou:   

      “Realmente, o texto fala de “perfeição em amor”, como completa Cl.3:14 – “... revesti-vos de amor,          que é o vínculo da perfeição”! Porém, em Mt. 5:48 o verbo não se constitui numa ordem, mas numa            exortação enfática, ou melhor dizendo, num chamamento a uma vida de santidade e perfeição em amor,        como o próprio Deus o é, em Sua essência e substância! ...É neste sentido que Ele nos exorta!                    Portanto, como imitadores de Deus, devemos perseguir este plano da perfeição de Cristo, sendo                   benevolentes (Mt.19:21), amorosos (Cl.3:14), praticantes das boas obras (Tg. 2:22), moderados no             falar (Tg. 3:2) e obedientes à Palavra da verdade (I Jo. 2:5. 4:12).”

            Ao descobrirmos que Jesus requer perfeição em amor, anulamos todo o radicalismo religioso que requer que sejamos perfeitos em tudo. Isso é impossível, afinal somos humanos.

            Concluo com o texto de Miquéias 6.8, cujo conteúdo deixa claro que Deus exige perfeição em amor:

            “Ele te declarou, ó homem, o que é bom, , e o que é que o 

Senhor pede de ti, senão que PRATIQUES A JUSTIÇA, AMES A

 MISERICÓRDIA E ANDES HUMILDEMENTE COM O TEU 

DEUS.”

           

Nunca, mas nunca mesmo deixe de ler as enquetes abaixo. É só clickar nos links


ENQUETE 04 - A TRISTEZA JAMAIS SALTARÁ DE ALEGRIA PERANTE DEUS. ISSO É IMPOSSÍVEL

ENQUETE 03 - A BÍBLIA FECHADA NÃO É UM LIVRO COMUM

TODAS AS ENQUETES


 Um abraço a todos. Até a próxima.

            Prof. João Moreno S. Filho.
Contatos para palestras, simpósios, seminários, pregações:


Zap - (19) 9 8324-6484.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

PROF. JOÃO MORENO APOIA PRÉ-CANDIDATURA DO DR. ELIAS AJUB EM MOJI MIRIM

Que Moji Mirim precisa de renovação na política, todos mojimirianos sabem. Agora o problema é saber como e com quem renovar.

Pensando em melhorar a política da cidade, o PR (Partido da República), lançou a pré-candidatura do Dr. Elias Ajub a Prefeito de Moji Mirim.

As qualificações apresentadas do candidato foram:

1) Psicólogo e Psiquiatra há mais de 20 anos.

2) Atencioso com todos que o buscam, isso mostra seu diferencial: O Dr. Elias pensa em pessoas, e não somente nas instituições jurídicas.

3) Nunca foi político, logo, nunca foi manipulado                                                                                            nem corrompido.

4) É casado e tem o testemunho de sua esposa, Luciana Ajub. Com o apoio de uma esposa amável e dedicada, é possível fazer muito pelas pessoas.

5) É ministro nas Assembleias de Deus, Ministério Belém, e como ministro do evangelho tem compromisso com Deus, em primeiro lugar, o que o capacita a assumir, qualquer cargo, em Moji Mirim.

Que essas qualidades ajudem o PR de Moji Mirim a confirmar os ideais do Dr. Elias Ajub para Moji Mirim, em convenção.

João Moreno de Souza Filho é:
Ministro do Evangelho, Jornalista, Professor,
Psicopedagogo  Institucional e
Mobilizador do MEC na Mobilização Nacional
Pela Educação.






domingo, 17 de julho de 2016

PROF. JOÃO MORENO APOIA PRÉ-CANDIDATURA DE RICARDO XAVIER, EM PINDAMONHANGABA


     Fiquei muito feliz, ao saber, por amigos, nas redes sociais, que o Evangelista Ricardo Xavier, é pré-candidato a Vereador, pelo PSDB, em Pindamonhangaba. Seguem as razões da minha felicidade:

1) Enquanto morei, em Pinda, como Presidente do Comitê da Mobilização Social Pela Educação, tive a ajuda de Ricardo Xavier em diversas áreas. Ele deixou claro que é muito mais do que um amante da educação, é alguém que tem projeto, planos  e trabalha para concretizar seus ideais.

2) Com seu conhecimento, sua determinação, sua paciência e humildade, Xavier foi eleito Conselheiro Tutelar por Pindamonhangaba, o que deixou claro que ele é um cidadão que tem lutado por aquela cidade, pelas famílias daquele município.


Por tudo isso, torço para que o PSDB, partido no qual está filiado, confirme, em convenção, esse ideal.

João Moreno de Souza Filho.

Professor, Evangelista.

1º SEMINÁRIO NACIONAL DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO, EM
OUTUBRO DE 2011, EM FORTALEZA, CE - DA ESQUERDA PARA A DIREITA: EU, 

ANA LÚCIA, DORIS BERTOLINO E RICARDO XAVIER, MOBILIZADORES DA EDUCAÇÃO, REPRESENTANDO O  COMITÊ DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL PELA EDUCAÇÃO DE DE PINDAMONHANGABA, SP. 







sexta-feira, 8 de julho de 2016

PASTORES JOSÉ WELLINGTON E SAMUEL CÂMARA CELEBRAM ACORDO HISTÓRICO

PASTORES SAMUEL CÂMARA E JOSÉ WELINGTON CELEBRAM ACORDO HISTÓRICO

            Julho não será lembrado, por mim, somente como mês do meu aniversário. Será lembrado pela reconciliação histórica entre os pastores Samuel Câmara e José Welington, Presidente da CGADB.

            Esse acordo foi motivado, claro, por ações judiciais, a conta da CGADB estava bloqueada, as contas da CPAD poderiam ser bloqueadas, dentre outras coisas. Porém, independente dos motivos judiciais, ESSE ACORDO TRÁS PAZ À CGADB E À TODA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS, NO BRASIL.

            De acordo com o pastor Geremias do Couto, “foram  horas de muita conversa, com bastante franqueza de ambos os lados, segundo informações que acabei de receber, finalmente foi celebrado um acordo ao final desta quinta-feira, 7 de julho, no Rio de Janeiro, entre a Mesa Diretora da CGADB e os pastores Samuel Câmara, Jônatas Câmara, Ivan Bastos e a CONFRATERES, onde as partes assumem o compromisso de cessar os litígios que se arrastavam desde 2013.”

            O pastor Couto continuou: “Pelo documento, a Mesa Diretora acata a reintegração ao quadro de associados tanto de Samuel Câmara quanto de Ivan Bastos, que passa a gerir 100% a tesouraria da entidade, com os plenos direitos que lhe confere o Estatuto, e desiste de todos os recursos no âmbito judicial. Por outro lado, os pastores mencionados se comprometem, também, a retirar todos os processos movidos contra a CGADB de modo que, doravante, se comece uma nova etapa na história da instituição.”

De acordo com informações, houve quebrantamento de ambas as partes, e as partes ficaram livres para concorrer às eleições de 2017, o que indica que não haverá uma chapa de consenso.

          Abaixo, segue o que o pastor Ivan Bastos publicou em seu face:

“Hoje (07/07/2016) foi um momento histórico para nossa CGADB e Assembleias de Deus no Brasil. Eu (Pr. Ivan Bastos) e o Pr. José Wellington Bezerra da Costa, Pr. Samuel Câmara e Pr. Jônatas Câmara, retiramos todos os processos movidos entre nós. Estamos em paz, agora assumo 100% a tesouraria. Pastor Samuel reintegrado aos quadros de membros. Vamos, fazer uma campanha limpa e ordeira. Agradecemos a Deus e a todos que oraram para que acontecesse. Deus continue abençoando nosso presidente Pr. José Wellington e toda a Mesa Diretora que foram brilhantes nessa decisão de paz. Deus abençoe aos amigos e irmãos pastores Samuel Câmara e Jônatas Câmara que com muito sofrimento e angústia lutaram e lutamos até o fim. Obrigado aos nossos brilhantes advogados, pastores Cláudio Dias, Vausui, Enaldo Brito e Kenzo Kikuchi. Obrigado também aos advogados pastores Abiezer Apolinário e Paulo Moraes. A Glória é de Deus!”

Publicado por Pr. Ivan Bastos.
MAS POR QUE ESSE ACORDO NÃO ACONTECEU ANTES? , ALGUÉM PODE PERGUNTAR. A minha resposta é: Tudo tem o seu tempo debaixo do céu. Se tivesse ocorrido antes, essa pergunta também seria feita: "por que não ocorreu antes...?" O Espírito Santo conduz os seus ministros, no seu tempo, para a sua vontade.

Concluo expressando minha admiração pelos pastores José Wellington Bezerra da Costa,  homem sábio, conciliador, humilde, que sabe ouvir, e Samuel Câmara, inteligentíssimo, ágil de pensamento, determinado, ousado. 

Segue, abaixo, fotos de parte do acordo escrito e algumas fotos.

Evangelista João Moreno S. Filho.

E-mail: jmorenofilho@yahoo.com.br
Zap (19) 9 8324-6484.






sexta-feira, 1 de julho de 2016

ENQUETE 04 - A TRISTEZA JAMAIS SALTARÁ DE ALEGRIA PERANTE DEUS. ISSO É IMPOSSÍVEL

A TRISTEZA JAMAIS SALTARÁ DE ALEGRIA PERANTE DEUS. ISSO É IMPOSSÍVEL.

            ENQUETE 04 - É VERDADE QUE PERANTE DEUS A TRISTEZA SALTA DE ALEGRIA? SERÁ? VOCÊS PODEM ME AJUDAR NA RESPOSTA, AMIGOS? SE ELA SALTA DE ALEGRIA, ELA SÓ SALTA? ELA FICA ALEGRE? ALGUÉM JÁ VIU UMA TRISTEZA ALEGRE? NESSE SALTO, A ALEGRIA ENTRA NA TRISTEZA, SALTA JUNTAMENTE COM ELA? ALGUÉM JÁ VIU UMA TRISTEZA ALEGRE? E DEPOIS QUE A TRISTEZA SAI DA PRESENÇA DE DEUS, ELA CONTINUA TRISTE? VAMOS ÀS QUESTÕES:
1) SIM, DIANTE DE DEUS, ATÉ TRISTEZA SE ALEGRA E SALTA DE ALEGRIA. 
2) MAIS OU MENOS. ELA SE ALEGRA UM POUCO MAS CONTINUA MEIO TRISTE.
3) NÃO. DIANTE DE DEUS A TRISTEZA VAI EMBORA. ELA SALTA PARA CORRER, DE MEDO. 
4) ERRADO. DEUS NÃO ALEGRA TRISTEZA. 
5) SEI LÁ. QUERO APRENDER.
ABRAÇOS A TODOS. PARTICIPEM.



          Bem, amigos. Chegou a hora de eu dar a resposta à enquete quatro. Porém, antes, vamos à algumas considerações:

        1)      As enquetes podem parecer polêmicas, para alguns. Mas só pensa assim quem não tem o costume de analisar o que de pregam nos púlpitos evangélicos. Pessoas passivas, que aceitam tudo, não têm coragem de colocar a mente para pensar. Quando isso acontece, elas fogem com o seguinte argumento: “é polêmica”. Esse argumento é usado como fuga, como proteção dos sentimentos.

       2)      Quando tratamos de pregação, estamos falando sobre um discurso que se fundamenta na Bíblia, um livro sagrado, A PALAVRA DE DEUS. Portanto, não é correto – nem pode ser aceitável – que os pregadores inventem argumentos, coloquem suas ideias pessoas, usando a Palavra de Deus, como se Deus concordasse com o que eles afirmam.

3)      Precisamos ser como os cristãos bereanos que conferiam tudo o que Paulo pregava, nas escrituras, para ver se ele falava a verdade, por isso eles foram considerados, por Lucas, mais nobres do que os cristãos de Tessalônica, (Atos 17.11). ISSO É FANTÁSTICO, pois Paulo, um apóstolo, teve seus argumentos averiguados. Hoje, os cristãos aceitam tudo que é dito, por qualquer pregador. Dizem: “houve poder, então é de Deus”... Eles se esquecem que poder, unção, não provam a verdade. Verdade se prova com o que está nas Escrituras Sagradas.

AGORA VAMOS À RESPOSTA DA ENQUETE?

A tristeza salta de alegria diante de Deus? Uma aplicação de uma das regras da Hermenêutica (disciplina que nos ajuda na correta interpretação das Escrituras Sagradas), nos ajudaria a responder, facilmente, NÃOOOO! Como Azenate Basílio, Priscila D’albo, David Andre, Eliabe Souza, Adriano Ferreira, Célio Queiróz, Abel Pedro, dentre outros (tirei o etc, viu?), essa afirmação, que está em Jó 41.22, se refere ao Leviatã. Todo o capítulo 41 se refere ao Leviatã, animal mítico, tenebroso e feroz, que, segundo contam as lendas, provocava o caos nos céus, na terra e nos mares. Os povos antigos acreditavam na existência dele e o descreviam como um terrível dragão.

            DETALHE INTERESSANTEA partir do capítulo 38, Deus começou a questionar Jó. Foram 71 perguntas feitas ao patriarca. Nelas, o Eterno revelou seu poder, sua sabedoria, sua glória. A pergunta sobre o Leviatã foi a última pergunta, e se encontra em Jó 41.

            Bem, agora sabemos que a tristeza não salta de alegria perante Deus, mas perante o leviatã. Resolvido?

            O PROBLEMA NÃO ESTÁ RESOLVIDO.
            A questão, aqui, não é, agora, saber se a tristeza salta de alegria perante Deus ou perante o leviatã, MAS SABER, AS RAZÕES QUE LEVARAM OS CRENTES A ACREDITAR QUE A TRISTEZA SALTA DE ALEGRIA PERANTE DEUS, E TAMBÉM, DESCOBRIR, O QUE SIGNIFICA A TRISTEZA SALTAR DE ALEGRIA PERANTE O LEVIATÃ. VAMOS POR PARTE, ENTÃO.
           
            O PROBLEMA DA TRADUÇÃO
            Algumas pessoas, no meu face, falaram que nas traduções mais modernas, a tradução e Jó 41.22 é: é: “em seu pescoço reside a força, perante ele vai o terror.” Bem, antes de vermos as diversas traduções sobre o tema, quero dizer que, rejeitar a tradução poética para as traduções modernas, é pisar nas traduções de outras bíblias, é dizer que houve um erro crasso nas traduções. Sinceramente, não acredito que se as traduções modernas estivessem clara, com certeza elas estariam nas bíblias, desde muito tempo. Agora vamos às várias traduções sobre o texto em questão:

1)      BÍBLIA KING JAMES (VERSÃO DO REI TIAGO) – Publicada em 1611, essa bíblia foi patrocinada pelo rei Tiago, da Inglaterra. Ela foi escrita por 47 teólogos (o rei convocara 54), que juntos fizeram uma das traduções mais próxima dos originais. O verso em detalhe está escrito assim, nesta bíblia: “Em seu pescoço está a força, perante ele (o leviatã) a tristeza é transformada em alegria.”
2)      BÍBLIA DE JERUSALÉM (nela o v. 22 está no v. 14 – “Em seu pescoço reside a força, diante dele corre a violência.”
3)      EDIÇÃO CONTEMPORÂNEA DE ALMEIDA – “No seu pescoço reside a força; perante ele vai o desespero.”
4)      JOÃO FERREIRA DE ALMEIDA – ERA – “No seu pescoço reside a força; perante ele salta o desespero.”
5)      NVI -  “Tanta força reside em seu pescoço que o terror vai adiante dele”.
Poderia apresentar outras versões, mas essas são suficientes. Como podemos perceber, não há um consenso. Algumas dizem que é o terror que vai adiante, outras que é a violências, outras que o desespero salta diante dele...

POR QUE A TRISTEZA SALTA DE ALEGRIA PERANTE O LEVIATÃ?  As traduções que afirmam que perante o leviatã a tristeza salta de alegria, não estão erradas. Precisamos entender que Jó é UM LIVRO POÉTICO, logo, tem estrutura poética. Dessa maneira, É PRECISO QUE O ESTUDANTE DA BÍBLIA TENHA UMA VISÃO POÉTICA. Vamos, então, explicar, nos pontos abaixo:

·         O LEVIATÃ CAUSA DESTRUIÇÃO.

·         A DESTRUIÇÃO CAUSA E ALIMENTA A TRISTEZA.

· SE NÃO HOUVESSE DESTRUIÇÃO, SOFRIMENTO, NEGATIVIDADE, NÃO HAVERIA TRISTEZA.

·         ASSIM, A TRISTEZA SOBREVIVE E CRESCE POR CAUSA DA DESTRUIÇÃO, DO SOFRIMENTO.

·         A TRISTEZA, EM JÓ 41.22, FOI PESONIFICADA, E ELA SALTA DE ALEGRIA, PERANTE O LEVIATÃ, POR CAUSA DA DESTRUIÇÃO ELE CAUSA, POIS ISSO A ALIMENTA. SÃO PULOS DE ALEGRIA PELA DESTRUIÇÃO CAUSADA PELO LEVIATÃ.

·         COMO PODEMOS PERCEBER, NÃO ALEGRIA GERADA POR DEUS, MAS UMA ALEGRIA MALÉFICA. DA MESMA FORMA QUE OS MAUS SE ALEGRAM EM PRATICAR A MALDADE, A TRISTEZA, PERSONIFICADA EM JÓ 41.22, SE ALEGRA COM A DESTRUIÇÃO CAUSADA PELO LEVIATÃ.

As outras traduções, que dizem: “perante ele vai o terror”, também estão corretas. PORÉM PERDERAM O SENTIDO, A FORÇA  E O BRILHO POÉTICOS.

POR QUE A TRISTEZA JAMAIS SALTARIA DE ALEGRIA PERANTE DEUS?
Uma vez resolvido a questão de que a tristeza salta de alegria perante o leviatã, precisamos corrigir um erro, O ERRO DE ACEITAÇÃO DE QUE A TRISTEZA SALTA DE ALEGRIA PERANTE DEUS.  Sobre isso, analisemos os pontos abaixo:

1)      DEUS NÃO TRANSFORMA TRISTEZA EM ALEGRIA – Tem muita gente que afirma que Deus transformou  a tristeza da viúva de Naim, pela morte de seu único filho,  em alegria. Essa firmação dá a entender QUE A ALEGRIA VEIO DA TRISTEZA. Jamais. DA MESMA FORMA QUE DEUS NÃO TRANSFORMA PECADO EM SANTIDADE, ELE TAMBÉM NÃO TRANSFORMA TRISTEZA EM ALEGRIA.

2)      DEUS NÃO JAMAIS FARIA TRISTEZA SALTAR DE ALEGRIA Os crentes que fazem essa afirmação, pensam que estão exaltando o poder de Deus. Mas não estão. Precisamos entender que DEUS NÃO TEM COMPROMISSO COM A TRISTEZA. Quando ele chega, a tristeza desaparece, vai embora, e alegria invade a pessoa. Deus tem compromisso com a pessoa, e não com a tristeza.

3)      TRISTEZA É FRUTO DE AÇÃO DIABÓLICA, OU RESULTADO DE SITUAÇÕES TRISTES. Deus anula as obras do diabo e muda as situações tristes. Com isso, a tristeza desparece e a alegria entra na alma, no espírito.
4)      O Sl. 16:11 diz: "Tu me mostras o caminho que leva à vida. A tua presença me enche de alegria e me traz felicidade para sempre". Na presença do Senhor há abundância de alegria, alegria completa.
5)      TRISTEZA E ALEGRIA NÃO ANDAM JUNTAS.

DOIS ERROS ELIMINADOS COM UMA CAJADADA SÓ -  Nesse artigo eliminamos dois erros, (pelo menos isso vale para os que leram todo o artigo).

1)      O que a firmava que a tristeza saltava de alegria perante Deus. Não é, é perante o leviatã.

2)     O pensamento de que perante Deus, a tristeza salta de alegria porque Deus tem poder para isso. Muita gente não sabe nem onde está escrito isso, mas afirmam por acreditar, de maneira simples, nessa afirmação equivocada.  POR QUE ELAS ACREDITAM? Por que  ouviram essa afirmação se dita, nos púlpitos, desde criança, e não foi refutada pelos pastores. UMA MENTIRA REPETIDA DIVERSAS VEZES, SEM REFUTAÇÃO, É ACEITA COMO SE FOSSE VERDADE.

O QUE APRENDEMOS COM ESSE ARTIGO?

1)      PRECISAMOS CONFRONTAR, NA BÍBLIA, AS AFIRMAÇÕES DE MUITOS PREGADORES, ASSIM COMO FIZERAM OS CRISTÃOS DE BEREIA.
2)      OS PASTORES PRECISAM CONHECER MAIS A BÍBLIA E REFUTAR TODO E QUALQUER PENSAMENTO, PASSADO NOS PÚLPITOS, QUE NÃO TEM BASE NAS ESCRITURAS SAGRADAS. ELES SÃO OS RESPONSÁVEIS POR ISSO. ESSA RESPONSABILIDADE NÃO PERTENCE SOMENTE AOS PASTORES, MAS A TODOS OS MINISTROS, TODOS OS OBREIROS: EVANGELISTAS, PRESBÍTEROS, PROFESSORES DE EBD, ETC. 
3)      OS EVANGÉLICOS PRECISAM TER UM ESPÍRITO MAIS CRITICO, E ENTENDER QUE A VERDADE DE DEUS NÃO SE ESCONDE ATRÁS DE JARGÕES DE PREGADORES NEM DAS EMOÇÕES.


LEIA AS OUTRAS ENQUETES


A BÍBLIA FECHADA NÃO É UM LIVRO COMUM, E PRONTO!





Abraços a todos.
João Moreno de Souza Filho.
Evangelista, professor, escritor.