sábado, 12 de março de 2016

QUANTAS RESSURREIÇÕES HAVERÁ?

A RESSURREIÇÃOA ressurreição é um ensinamento muito forte na Bíblia. Há diversas passagens falando sobre este tema, demonstrando, dessa maneira, sua importância para a doutrina Cristã.
Ao falar sobre a ressurreição, Jesus falou sobre a realidade da vida dos mortos (parece até contradição), na outra vida, ou seja, quem morre está vivo, no espírito (Mt. 22.31-33). Com isso, Cristo deixou claro que a vida não se acaba com a morte. A morte é somente uma pausa.

A RESSURREIÇÃO E A REENCARNAÇÃO
A doutrina da ressurreição anula o pensamento da reencarnação. O homem não terá seu fim eterno pelas reencarnações. SE ISSO FOSSE VERDADE, A REENCARNAÇÃO NÃO TERIA FIM, POIS O HOMEM POSSUI O BEM E O MAL EM SI. ALÉM DO MAIS, O PECADO E O MAL NÃO SÃO VENCIDOS POR REENCARNAÇÃO, MAS PELA SALVAÇÃO, PELA REGENERAÇÃO. 

O DESTINO ETERNO DOS HOMENS SERÁ DETERMINADO NA RESSURREIÇÃO. 

A RESSURREIÇÃO DE CRISTO COMO O FUNDAMENTO
Paulo usa a ressurreição de Cristo para justificar sua crença na ressurreição dos mortos. Para ele, a ressurreição de Jesus é a garantia de que todos ressuscitarão. Ele coloca, no texto de 1 Coríntios 15.16-23, a seguinte ordem para a ressurreição: Cristo, as primícias dos mortos, (v. 23), indicando que Cristo inauguraria  a ressurreição definitiva dos mortos. É uma linguagem que  nos leva às colheitas, cujas primícias deveriam ser apresentadas ai sacerdote (Lv. 23.10,11). Esta mensagem, que em Cristo estava garantida a ressurreição dos mortos,  esteve presente desde a igreja primitiva, (Atos 4.2). Em 2 Coríntios 1.9, Paulo fala sobre a capacidade que Deus tem para ressuscitar os mortos.  Paulo, em 2 Co. 4.14 diz que Deus nos ressuscitará por Jesus.

QUANTAS RESSURREIÇÕES HAVERÁ?

03, DO PONTO DE VISTA MATEMÁTICO.
02, DO PONTO DE VISTA DA NATUREZA DAS RESSURREIÇÕES.

NATUREZAS DA RESSURREIÇÃO -  A Bíblia deixa claro que haverá duas grandes ressurreição: A RESSURREIÇÃO DOS JUSTOS E A RESSURREIÇÃO DOS ÍMPIOS -  João 5.29. Sobre como se dará cada uma dessas ressurreições, falarei mais a frente. Essas duas grandes ressurreições estão retratadas em Daniel 12.2 que diz: “E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.”

A RESSUREIÇÃO PARA A VIDA (DOS JUSTOS) -  

João 5.29 e Daniel 12.12, Lc. 14.14. dá a entender que haverá duas grandes ressurreições. A RESSURREIÇÃO DOS JUSTOS, SERÁ UM EPISÓDIO HISTÓRICO QUE ESTÁ MARCADO NA AGENDA DE DEUS, DA MESMA FORMA A RESSURREIÇÃO PARA A CONDENAÇÃO.
Sobre a ressurreição dos justos, a Bíblia apresenta alguns grandes eventos que serão elencados na tabela abaixo.
1)      Haverá uma ressurreição na vinda de Cristo para arrebatar a Igreja – 1 Ts. 4. 13-17. – ELES SERRÃO RESSUSCITADOS ANTES DO ARREBATAMENTO, E NÓS SEREMOS ARREBATADOS COM ELES.  Ou seja: Eles retornarão à terra, serão ressuscitados e arrebatados.
2)      Haverá uma ressurreição após a grande tribulação, dos que não adorarão a besta nem receberão seu sinal – Ap. 20.4 – Esta é uma ressurreição diferente da que ocorrerá no arrebatamento da igreja:  Não há arrebatamento, permanecerão na terra, não estarão em corpos glorificados. O textos diz que eles “viveram”, dando a entender que retornaram à vida. Não se fala em transformação da natureza de seus corpos para corpos espirituais. Eles terão um reinado limitado no temo (mil anos), enquanto não há limites de tempo para o reinado da igreja.
3)      Os justos que morreram, no milênio, também ressuscitarão para a vida.

O QUE SIGNIFICA “A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO”? A primeira ressurreição não é a primeira entre mais de uma. Nela estão inclusos os justos, (Ap. 20.6). Se a ressurreição de Apocalipse 20.6, fosse a primeira, de fato, onde entraria a ressurreição dos santos, da igreja, na vinda de Cristo? Se a ressurreição dos salvos, no arrebatamento, fosse a primeira, a ressurreição dos mártires da grande tribulação, de apocalipse 20, seria a segunda.
É bom deixar claro que “A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO” indica a qualidade, é a ressurreição prioritária, e dela participarão os salvos, no arrebatamento, os salvos, na grande tribulação, e os justos que morrerão no milênio.

A RESSURREIÇÃO DOS ÍMPIOSApocalipse 20.5 diz que haverá um grupo de mortos que não ressuscitarão antes do fim do milênio . Eles ressuscitarão, no JUÍZO FINAL, Ap. 20.11-15.  ESTA SERÁ A ÚLTIMA E A  MAIOR RESSURREIÇÃO,  pois abrangerá todos os ímpio mortos que não participaram das ressurreições anteriores, e os que morrerão no milênio.  

OBS. Só haverá uma ressurreição para os Ímpios, no final do Milênio, no Juízo Final

QUANTAS RESSURREIÇÃO HAVERÁ, DO PONTO DE VISTA MATEMÁTICO E HISTÓRICO?

Haverá três ressurreições, na história, daqui para a frente:
1)    A ressurreição dos salvos e de todos os santos do A.T, no arrebatamento.
2)    A ressurreição dos mártires da Grande Tribulação.
3)    A ressurreição no Juízo Final, depois do Milênio.

RESUMINDO:
Haverá três ressurreições, historicamente falando.
Porém, do ponto de vista da natureza, do destino eterno, só há duas ressurreições: a “primeira”, que é a dos justos, e a dos ímpios.

HAVERÁ JUSTOS NA ÚLTIMA RESSURREIÇÃO?
Ap. 20.11ss fala da última ressurreição, para o juízo final.
O texto é claro que o mar, a terra, deram seus mortos. TODOS OS MORTOS ATÉ AQUELA ÉPOCA RESSUSCITARÃO.
E ONDE FICAM OS MORTOS JUSTOS DO MILÊNIO?
Eles também ressuscitarão nessa ressurreição.
Observem que no texto não diz que só os ímpios ressuscitarão.
ESSA RESSURREIÇÃO ABRANGERÁ TODOS OS MORTOS, INCLUSIVE OS JUSTOS QUE MORREREM NO MILÊNIO. Esse também é o pensamento da CGADB, cuja lição da EBD, sobre o Juízo Final, do dia 13 de março de 2016, corrobora esse pensamento.

Dizer o contrário é ir além do texto. É afirmar o que o texto não ensina.
João não disse que a ressurreição depois do milênio será só para os ímpios.

FOI ELE QUEM TEVE A VISÃO, e foi ele a pessoa usada e inspirada para escrever a revelação. 

ELE FOI BEM AMPLO EM SUA DECLARAÇÃO: “OS MORTOS”. ELE NÃO DISSE: "OS MORTOS ÍMPIOS", MAS OS MORTOS. ISSO INCLUIRÁ, TAMBÉM, OS JUSTOS QUE MORRERÃO NO MILÊNIO.

SE NA RESSURREIÇÃO DE AP. 20 SÓ  TIVER ÍMPIOS, NÃO HAVERÁ RAZÃO PARA O LIVRO DA VIDA SER ABERTO PARA CONFERIR SE O NOME DO RESSURRETO ESTÁ LÁ, POIS TODOS SERÃO ÍMPIOS. 

OBS. QUE O CRITÉRIO PARA SER LANÇADO NO LAGO DE FOGO E ENXOFRE É NÃO TER O NOME INSCRITO NO LIVRO DA VIDA. 

NÃO DEIXE DE LER OS POSTS ABAIXO:

HAVERÁ SALVAÇÃO NO JUÍZO FINAL?

ESTA TERRA SERÁ RENOVADA OU DESTRUÍDA?

Um abraço a todos.

João Moreno de Souza Filho.
Prof. Escritor.

Contato para palestras e seminários:

jmorenofilho@yahoo.com.br
(19) 9 8324-6484

Nenhum comentário: