sexta-feira, 31 de outubro de 2014

A REFORMA PROTESTANTE E A FÉ - OU: POR UMA MUDANÇA NA COMPREENSÃO DA FÉ

A REFORMA PROTESTANTE E A FÉ

            Hoje, 31 de outubro, comemoramos a chamada Reforma Protestante, um nome ao movimento que mudou a religião, a economia, da Europa e o modo de as pessoas se relacionarem com Deus e sua Palavra.
Um dos lemas de Lutero, na reforma Protestante, foi: SOMENTE A ESCRITURA, SOMENTE A GRAÇA, SOMENTE A FÉ... Neste pequeno artigo falarei sobre a importância da fé para a vida cristã.
Uma das perguntas sobre a fé é O QUE É FÉ? Bem, primeiro responderei a pergunta O QUE NÃO É FÉ? e O QUE A FÉ NÃO FAZ?

O QUE NÃO É FÉ?  Fé não é sentimento, como muitos pensam, nem tão pouco pensamentos positivos nos cultos evangélicos, como a maioria dos pentecostais acham. Confundir sentimentos e pensamentos positivos com fé é colocar a fé bíblica no campo do que é relativo, subjetivo.

POR QUE FÉ NÃO É SENTIMENTO? – Porque os sentimentos passam. Na verdade, o crente que necessita sentir a presença de Deus para sentir-se bem, ter a certeza de que Deus está com ele, este crente não tem fé em Deus. Por acaso Jesus não falou: “estou convosco todos os dias...?” (Mateus 28.20). Veja também Mateus 18.20.

POR QUE FÉ NÃO É PENSAMENTOS POSITIVOS? – A maioria dos pregadores incentivam os cristãos, em cultos emocionantes, a se comportarem positivamente diante das situações da vida. Isso é autoajuda, que nada auxilia o rente nas crises existenciais e espirituais. Eles dizem que o negativismo anula a fé. Ora, meu Deus, se assim fosse, Jó não seria um homem de fé. Porém, a fé de Jó, em seu livro, é, talvez, a mais profunda em toda a Bíblia. Em Jó aprendemos a verdadeira teologia da fé que triunfa em meio ao fracasso, ao negativismo, à tristeza, etc, etc. Se fé fosse resultado do pensar positivo então todos os palestrantes desse tema seriam os heróis da fé da nossa época.

FÉ TAMBÉM NÃO É VISUALIZAÇÃO-  Por vezes, muitos pregadores dizem: “visualize tua benção”, pois dessa forma ela se materializará. “veja, pela fé, um anjo ao teu lado”, e o pior é que as pessoas caem nessa e imaginam. Eu fico só rindo, POIS ESSA PRÁTICA NÃO ENCONTRA AMPARO BÍBLICO. Se fosse para viver de visualização, VAMOS RISCAR DA BÍBLIA O TEXTO QUE INCENTIVA O JUSTO A VIVER PELA FÉ (OU DA FÉ), E NÃO PELA SUA IMAGINAÇÃO. Leiam Hebreus 10.38.

FÉ NÃO É FERVOR – Muitos se decepcionam porque sua oração fervorosa não foi respondida. Bem, a Bíblia fala da oração da fé em Tiago 5.15, mas não diz muita coisa sobre a oração fervorosa. Este silêncio é sábio da parte de Deus, pois nem todo fervor é fé. Se fé fosse fervor, o que dizer de crentes que oram, sem fervor, sem forças, e suas orações são respondidas? Oração da fé é aquela que é totalmente baseada na Palavra e na vontade de Deus. É crença no Todo Poderoso, mas uma crença que passa pela Palavra. Assim, na oração, é importantíssimo conhecermos, através da Bíblia, como o Altíssimo agiria na situação pela qual oramos. É necessário ter o discernimento para saber a vontade do Senhor sobre o tema da oração.

MAS O QUE É E PARA QUE SERVE A FÉ?  O texto de hebreus não fala em visualização, pensamento positivo, mas somente que a fé é o firme fundamento, ou seja, ela não é volúvel. Este texto deixa claro que fé é segurança, certeza, mas não uma certeza intelectiva, mas da alma, do espírito.

FÉ É NÃO RECUAR -  Hebreus 10.38 fala sobre o recuo como falta de fé. Neste sentido, fé é não recuar, seguir em frente. Assim, o simples ato de o cristão continuar em meio a diversidade, esta ação já é, de acordo com o texto, fé.

FÉ É ESCUDO -  Efésios 6.16 – A fé serve para nos proteger diante dos ataques do inimigo. Isso, por si só, tira a fé do campo dos sentimentos e a coloca na área da reafirmação da nossa confiança em Deus. Ninguém consegue vencer o inimigo com sentimentos ou sensações. Se fé estivesse na área do que nós sentimos, não haveria razão de a maioria dos desviados das igrejas pentecostais serem crentes que sentiam muito, fervorosos, etc.

FÉ É UMA DAS POUCAS AÇÕES QUE AGRADA A DEUS -  Hebreus 11.6. O texto é claro: o crente pode ser ativista, ir a todos os cultos, fazer o melhor nos cultos, porém, se não houver fé, DEUS NÃO SE AGRADARÁ. O texto é claro: “é impossível agradar a Deus.” Assim, se você quiser agradar a Deus, o caminho mais  excelente é crer nele incondicionalmente.
Este ato de fé, de hebreus, são as ações que o crente faz, independente dos sentimentos, das sensações, crendo na Palavra, pois é nela que a fé se fundamenta.

FÉ, A PALAVRA E O CONHECIMENTO DE DEUS ­ - Onde se fundamenta a fé? Como ela nasce e cresce? Bem, não estou, aqui, falando sobre a fé na hora da salvação que é resultado da pregação. Falo da fé para o dia a dia, da fé do crente salvo em Deus.
Esta fé está fundamentada na Palavra, assim, ter fé significa crer naquilo que está escrito. Se está escrito, é certo, é de Deus, independente do que os sentimentos falem. Um outro aspecto é que seria impossível crer em alguém sem conhecê-lo. Assim, a fé é resultado das experiências cristãs com Deus, do conhecimento que temos dele. Assim, quanto mais experiência, maior será a fé. Aqui vai uma observação: Devemos louvar a Deus pelas lutas, pois elas servem para aprofundar a nossa fé em Deus. Diante disso concluo, este tópico dizendo que: É IMPOSSÍVEL HAVER FÉ PROFUNDA SEM O CONHECIMENTO DE DEUS E SEM UM CONHECIMENTO PROFUNDO E AMPLO DA PALAVRA, DA BÍBLIA SAGRADA. Quando mais estudo profundo da Bíblia (não é um estudo qualquer, uma meditação qualquer), maior, mais sólida e mais correta será a fé.

A REFORMA NA FÉ EVANGÉLICA Volto, agora, ao título da matéria. Precisamos de uma reforma na área da fé evangélica brasileira. Os evangélicos brasileiros têm confundido crenças evangélicas, sentimentos, sensações, com fé bíblica-teológica. Por isso é fácil para os “pregadores” manipular os incautos na fé, pois eles se tornam maestros dos sentimentos dos crentes, e conseguem o que querem, levam o povo para onde desejarem.
Qual é o remédio para isso? Palavra, Teologia, estudo bíblico, em alto gral. As igrejas pentecostais precisam determinar que todos os seus líderes façam teologia bíblica, dessa forma fugiremos do campo dos sentimentos e entraremos no universo da sabedoria de Deus.
Lutero estava certo ao dizer somente a fé, mas somente a fé bíblica, a fé de hebreus, a fé dos salmistas, a fé da Palavra.

Por João Moreno S. Filho.

Texto protegido pela Lei do Direito Autoral.
Permitida a reprodução com a indicação da fonte. 

Nenhum comentário:

QUERO COMPRAR O LIVRO DECIFRANDO OS CÓDIGOS DO MAL

Código para o site